Em meio à polêmica, Carrefour anuncia ações em prol da causa animal

Buscar

Marketing

Publicidade

Em meio à polêmica, Carrefour anuncia ações em prol da causa animal

Cobrada após morte de cão em uma de suas unidades, rede de supermercados anuncia o Carrefour Pet Day e apoio a ONGs

Bárbara Sacchitiello
10 de dezembro de 2018 - 11h41

Fotos e homenagens à cachorra Manchinha ganharam as redes sociais e a mídia nos últimos dias (Crédito: Reprodução)

Há mais de uma semana a rede de supermercados Carrefour enfrenta uma crise por conta de um episódio ocorrido em uma das unidades de Osasco, na Grande São Paulo. No local, um dos seguranças terceirizados agrediu e provocou a morte da cachorra Manchinha, que circulava pelo local. A publicação do ocorrido nas redes sociais gerou uma onda de críticas e de protestos liderados por ONGs de proteção nacional, ampliado por postagens de personalidades que repudiaram a atitude do segurança e cobraram do Carrefour atitudes práticas perante o ocorrido.

Em reportagem exibida no Fantástico, da TV Globo, neste domingo, 9, pela primeira vez um porta-voz da marca falou a respeito do assunto. Paulo Pianez, diretor de responsabilidade social do Carrefour declarou que a empresa reconhece sua responsabilidade na morte do animal pelo fato de o funcionário estar a serviço do Carrefour, mas reforçou que a atitude do segurança quebra completamente os procedimentos da companhia.

Um dia antes da exibição da reportagem – no sábado, 8 – a unidade em que ocorreu a morte do animal recebeu uma manifestação organizada por ativistas da área de proteção animal. A loja chegou a ser fechada por conta da movimentação dos manifestantes.

Desde quando o caso veio à tona, o Carrefour divulgou comunicados no qual reforçou que colaboraria com as autoridades para que o caso fosse esclarecido e que não se isentaria de responsabilidades. Membros de ONG’s e de entidades de proteção aos animais, no entanto, cobraram ações mais firmes por parte da companhia e mais engajamento na causa dos animais abandonados.

Na mesma matéria exibida no programa da TV Globo, Paulo Pianez falou sobre algumas ações que a marca adotará em prol da causa animal a partir da morte de Manchinha. Em comunicado, a rede de supermercados detalhou alguma dessas ações. A data da morte da cachorrinha, 28 de novembro, será transformada no Carrefour Pet Day, evento anual em que a rede se compromete a apoiar com recursos as ONGs de proteção aos animais.

Além do Carrefour Pet Day, a marca também promete revisar os procedimentos internos para lidar com animais abandonados no entorno de suas lojas e revisar o treinamento de seus colaboradores, parceiros e prestadores de serviços. Outra promessa anunciada pelo Carrefour é auxiliar no reaparelhamento do Centro de Controle de Zoonoses de Osasco, em São Paulo. Leia o comunicado na íntegra:

O Carrefour informa que se reuniu com diversas ONGs e entidades que atuam com a causa animal, ouvindo suas solicitações e recomendações para a construção de iniciativas em prol da causa. Dentre as ações anunciadas estão: a revisão dos procedimentos internos para lidar com animais abandonados no entorno das lojas; revisão dos treinamentos de colaboradores, parceiros e prestadores de serviço; ampliação das feiras de adoção de animais em todo o país; reaparelhamento do Centro de Controle de Zoonoses de Osasco (SP), para que possam desempenhar suas funções da melhor forma possível; criação do ‘Carrefour Pet Day’, a ser realizado anualmente no dia 28 de novembro, data da morte da cachorrinha, quando apoiará com recursos entidades de acolhimento e defesa animal. A companhia seguirá em contato com essas entidades para o desenvolvimento de novas iniciativas em prol da causa animal. Seguimos colaborando com as autoridades para que o caso seja elucidado o mais rápido possível. Reforçamos que estamos tristes com a morte do animal e não vamos nos eximir de nossa responsabilidade.”

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • protestos

  • Animais

  • Polêmica

  • Carrefour

  • Ong

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”