AT&T vira fornecedora oficial de Wi-Fi da NBA

Buscar

Marketing

Publicidade

AT&T vira fornecedora oficial de Wi-Fi da NBA

Com o acordo de patrocínio, telecom busca consolidar papel de liderança no nascente mercado de conexão 5G


6 de fevereiro de 2019 - 14h18

Novo contrato tem início na próxima semana (crédito: Nathaniel S. Butler/NBAE via Getty Images)

Por George P Slefo, do Ad Age*

A AT&T é a próxima fornecedora oficial de internet sem fio da NBA. Antes, sua rival direta, a Verizon, era quem ocupava esse posto. A concorrente não está saindo da liga, entretanto. A empresa continua patrocinando a NBA, só que deixa de ser a fornecedora oficial. A notícia chega em meio a uma disputa sobre quem liderará o mercado de 5G.

O contrato plurianual de patrocínio com a liga começa na semana que vem, durante o jogo das estrelas, em Charlotte — onde a telecom ocupará também o posto de “title partner” durante a competição de enterradas do campeonato. O acordo também permite à AT&T promover sua marca com todas as facetas da liga, incluindo o campeonato feminino, a G League, NBA 2K e USA Basketball.

Um porta-voz da AT&T afirma que a companhia pretende trabalhar com a NBA para fazer publicidade em todos seus canais de marketing, assim como usar o logo em produtos de mercado como o 5G, quando esse estiver disponível ao público.

A batalha pelo 5G
A quinta geração de tecnologia mobile, comumente conhecida como 5G, é um campo de batalha essencial para as duas empresas. Tanto a AT&T quanto a Verizon buscam dominar o mercado da tecnologia, que pode movimentar dados com velocidade que pode chegar a ser duzentas vezes maior do que o 4G.

Apesar disso, especialistas afirmam que o 5G não deve ser escalável nos próximos dois anos. Mesmo assim, a AT&T já instalou a tecnologia em cidades como Charlotte, onde será realizado o jogo das estrelas da NBA.

A AT&T pode ter a vantagem de promover sua rede 5Ge no evento. Só que, apesar do nome, a tecnologia não é 5G. É, na verdade, uma jogada de marketing para levar os consumidores a pensar que o 5G já está disponível. O CEO da empresa admitiu isso durante a CES.

No geral, porém, a AT&T afirma que quer lançar novas experiências para a NBA, como realidade aumentada e realidade virtual, algo que muitos experts afirmam que sofrerá melhorias significativas com a chegada do 5G. Fiona Carter, chief brand officeer da AT&T Communications, afirmou em comunicado que o acordo com a NBA se trata de conectar fãs de basquete, “que representam uma audiência muito importante para nossa companhia: jovem, diversa, centrada em tecnologia e engajada socialmente”.

A Verizon, no entanto, não está deixando tudo para a AT&T. Ano passado, a companhia firmou um acordo com a NBA focado em produção de conteúdo digital. Um exemplo disso é o “The Bounce”, um esforço conjunto entre NBA, Turner e Yahoo Sports. A telecom também terá direitos de vender inscrições no NBA League Pass.

*Traduzido por Salvador Strano

 

*Crédito da imagem no topo: Jeff Haynes/NBAE via Getty Images

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • telecom

  • nba

  • verizon

  • at&t

  • 5g