Black Fralda projeta dobrar vendas

Buscar

Marketing

Publicidade

Black Fralda projeta dobrar vendas

Ação organizada pelo site Eu Amo Meu Bebê reúne Amazon Brasil, Carrefour, Dermodex, Drogaria São Paulo, Luftal, Huggies, Magazine Luiza, Nestlé, Philips Avent e Pompom

Taís Farias
15 de julho de 2019 - 12h09

Ação já movimentou mais de R$ 1,5  milhão em três edições (Crédito: Reprodução)

Começa nesta segunda-feira, 15, a quarta edição da liquidação Black Fralda. A ação é realizada pela plataforma Eu Amo Meu Bebê e reúne os principais e-commerces e fabricantes de produtos infantis para oferecer melhores condições de compra durante uma semana de ofertas no site www.blackfralda.com.br.
A promoção acontecerá até o dia 21 e conta com a parceria de marcas como Amazon Brasil, Carrefour, Dermodex, Drogaria São Paulo, Luftal, Huggies, Magazine Luiza, Nestlé, Philips Avent e Pompom.

Além das fraldas, serão promovidos outros produtos do universo infantil. Ao longo das três edições, a ação movimentou mais de RS 1,5 milhão em vendas com mais 2 milhões de unidades de fraldas vendidas para 400 mil consumidores cadastrados. Em 2019, a Black Fralda pretende dobrar o número de vendas geradas. Para isso, Fabiana Suh, gerente de marketing da Proxy Media, administradora do site Eu Amo Meu Bebê, conta que serão realizadas ações de marketing com influenciadoras e comunidades para aumentar o alcance da campanha.

Também foram realizadas melhorias no site, implementando filtros de busca que vão facilitar a pesquisa por marcas, tamanhos e modelos. Além disso, a empresa vai manter uma equipe dedicada ao atendimento dos pais pelas redes sociais. Nesse canal, os clientes poderão tirar dúvidas sobre os preços e produtos divulgados pela marca.

A ação, segundo Fabiana, é uma oportunidade para os pais investirem melhor o seu dinheiro. Em média, estima-se que um bebê precisa de 2,5 mil fraldas só no primeiro ano — o que significa um gasto anual de R$ 3.264. “Nosso objetivo com a Black Fralda é oferecer aos pais, através de uma campanha divertida e colaborativa, a chance de economizarem na compra das fraldas e demais produtos para conseguirem investir ainda mais e melhor nos filhos, em momentos de lazer, por exemplo”, afirma.

O projeto tem parte de suas vendas revertidas para entidades filantrópicas que atendem ao público infantil e já beneficiou a Casa Hope e o Hospital Pequeno Príncipe. Neste ano, a instituição escolhida pela ação foi o Instituto Ayrton Senna (IAS), que promove ações voltadas para a educação de crianças e jovens.

 

*Crédito da foto no topo: iStock

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • fabiana suh

  • Nestlé

  • carrefour

  • PomPom

  • Magazine Luiza

  • Huggies

  • Drogaria São Paulo

  • proxy media

  • eu amo meu bebê

  • amazon brasil

  • dermodex

  • luftal

  • philips avent

  • Crianças

  • Instituto Ayrton Senna

  • Liquidação

  • black fralda

  • fralda

  • hospital pequeno príncipe

  • casa hope

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”