Em estratégia de vendas, Netshoes fecha Instagram

Buscar

Marketing

Publicidade

Em estratégia de vendas, Netshoes fecha Instagram

Em ação criada internamente, perfis de Netshoes, Shoestock e Zattini foram colocados no modo privado com promoções exclusivas aos fãs das marcasarcas

Taís Farias
19 de dezembro de 2019 - 12h21

Perfis das marcas no Instagram serão colocados em modo privado na quinta-feira 19 (Crédito: Divulgação/Instagram)

Nesta quinta-feira, 19, o Grupo Netshoes bloqueou perfil de suas marcas para oferecer descontos exclusivos para seus seguidores no Instagram. A ação é fruto da campanha “Conta Bloqueada”, criada pela agência interna do Grupo.

Na prática, as contas do Instagram de Netshoes, Shoestock e Zattini foram colocadas no modo privado. Dessa forma, apenas os seguidores terão acesso aos descontos liberados nos posts e stories das marcas durante todo o dia.

A ação também teve a participação dos influenciadores Lucas Lucco, Renata Fan, Laura Fernandez, Vicenzo Richy, Jana Rosa e Karol Queiroz, que informaram ao público sobre a campanha em suas redes sociais.

*Crédito da foto no topo: Divulgação/Instagram

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • renata fan

  • vicenzo richy

  • jana rosa

  • karol queiroz

  • Lucas Lucco

  • Florence Scappini

  • laura fernandez

  • netshoes

  • zattini

  • shoestock

  • Instagram

  • grupo netshoes

  • Redes Sociais

  • promoção

  • marcas

  • relacionamento

  • Stories

  • seguidores

  • modo privado

  • conta bloqueada

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”