“A urgência agora é ser efetivo e ágil”, diz CMO do Burger King

Buscar

Marketing

Publicidade

“A urgência agora é ser efetivo e ágil”, diz CMO do Burger King

Ariel Grunkraut aponta a importância de reforçar o propósito da marca em momentos de crise e complexidade

Luiz Gustavo Pacete
24 de março de 2020 - 6h00

 

Ariel Grunkraut: “O líder de marketing precisa ter calma, cautela e buscar a melhor alternativa para passar a melhor mensagem a todos os públicos” (Crédito: Divulgação)

Na sexta-feira passada, 20, seguindo o caminho tomado por outras grandes redes de alimentação, o Burger King anunciou o fechamento de seus restaurantes como medida de contenção ao novo coronavírus e com isso passou a ter foco na entrega via aplicativos de delivery. Alguns dias antes, a empresa já havia anunciado que doaria parte de suas receitas, e da rede Popeyes, para o SUS (Sistema Único de Saúde).

A ação apareceu no levantamento feito pela MindMiners, a pedido de Meio & Mensagem, como uma das mais lembradas na semana passada associadas à mobilização em torno da pandemia. Ariel Grunkraut, CMO do Burger King, fala sobre o papel do marketing neste contexto de crise, a importância de que o propósito de uma marca seja reforçado e as estratégias operacionais tomadas pela rede neste momento.

Meio & Mensagem— Como você enxerga o papel das marcas em um momento como este e qual a importância do propósito?
Ariel Grunkraut — Entendemos que serviços essenciais como o setor de alimentação não podem parar agora, pois são chave para ajudar a população nessa etapa difícil. Por isso, buscamos cada vez mais trazer traços do nosso propósito e posicionamento em nossas comunicações, ações e campanhas. Em um momento como este, mais uma vez, não poderíamos deixar de nos conectar. Nossa prioridade é entender as necessidades da sociedade e colaborar com a população, colocando a segurança de todos em primeiro lugar. Nós sabemos que neste momento não existe opção, para nenhuma empresa, sem ser a de seguirmos o caminho da empatia e do pensamento coletivo.

M&M — Qual o desafio de fazer uma ação como a que vocês anunciaram na semana passada?
Grunkraut — O maior desafio foi chegar em algo que realmente fizesse sentido e fosse efetivo nesse momento pensando em como melhorar um pouco a situação que estamos vivendo. Desde que a pandemia foi decretada, a rede montou um comitê multidisciplinar, que envolve pessoas de todas os segmentos de atuação da companhia, para mitigar os riscos do vírus para os colaboradores e clientes. Além de pensar em ações e alternativas que pudessem impactar na sociedade, esse grupo se preocupou muito com olhar para os colaboradores. Está ação é importante, pois entendemos que ela pode ajudar a resolver mais rapidamente a proliferação do vírus.

M&M — Quais os aprendizados de resiliência, inovação que você tira desse momento e qual o papel do líder de marketing nessas horas?
Grunkraut — Nesse momento, a maior lição sempre é ser efetivo e ágil. A prioridade tem que ser a segurança e saúde de nossos colaboradores e clientes. Com relação ao papel do líder de marketing, ele precisa ter calma, cautela e buscar a melhor alternativa para passar a melhor mensagem a todos os públicos.

M&M — Por fim, o que você recomenda ao mercado, às marcas e ao marketing em um momento tão difícil?
Grunkraut — Em um momento delicado como esse, o que se espera das marcas é encarar a realidade com seu senso de responsabilidade ligado. Estamos em um momento que precisamos aliar a criatividade com um propósito forte e genuíno, que, agora, se traduz em ajudar a sociedade da melhor maneira possível, levando em consideração que os consumidores são a base do nosso negócio e nós só existimos porque eles existem. Dessa maneira fica mais fácil falar sobre resiliência e empatia, pois estamos falando de pessoas e vidas.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Ariel Grunkraut

  • Burger King

  • McDonalds

  • marketing

  • Negócios

  • Crise

  • fast food

  • delivery

  • COVID19

  • novo coronavírus

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”