Vedacit se torna marca única no portfólio

Buscar

Marketing

Publicidade

Vedacit se torna marca única no portfólio

Embalagens também foram reformuladas para destacar os atributos de cada produto, função, área de aplicação, características, benefícios e rendimento

Amanda Schnaider
22 de julho de 2020 - 18h15

Após a realização de estudo um de branding, que começou em 2018, em parceria com a agência Empathy (antiga Malkovich), a Vedacit altera seu posicionamento para uma marca única. Cerca de 90% do portifólio da companhia passa a ter a marca Vedacit junto à nomenclatura funcional dos produtos, com exceção de três: Bianco, Neutrol e Acquella, que mantêm o nome como principal. Em alguns casos, o nome conhecido atualmente será mantido como submarca, como Vedacit Vedatop e Vedacit Vedapren.

Além de marca única, os produtos ganharam novas embalagens (Crédito: divulgação)

As embalagens também foram reformuladas para destacar os atributos de cada produto, função, área de aplicação, características, benefícios e rendimento. O criação foi da Empathy. “Vamos para esse movimento de marca monolítica para fortalecer e facilitar a comunicação no ponto de venda, fazendo com que as pessoas que não tenham conhecimento técnico possam entender qual é cada produto”, explica Bruno Pacheco, executivo de marketing da Vedacit.

Para anunciar as mudanças, a marca fará seu maior investimento em marketing dos últimos anos: R$15 milhões. Com o mote “Novas Embalagens, Sempre Vedacit. Todas as soluções numa só marca”, a companhia lançará as mudanças a partir deste mês. “Além da forte comunicação nos pontos de venda, os representantes contarão com o apoio de materiais digitais e do reforço nas redes sociais. Na mídia, estão previstas divulgações em rádio, a partir de agosto, e TV, em outubro”, afirma Bruno.

Impactos da pandemia
Por ser considerado um setor essencial, a construção civil não parou completamente. Com isso, para atender a demanda que continuou ativa, a linha de produção da Vedacit também não parou, apesar de lojas de algumas cidades brasileiras terem fechado. “Respeitamos a limitação de cada estado, seguindo as regras dos governos estaduais, garantindo nossa atuação de forma segura tanto para os colaboradores quanto para os clientes”, comenta o executivo de marketing da companhia.

Ainda segundo ele, o desempenho da Vedacit durante a pandemia superou as expectativas, considerando o cenário econômico. “Exemplo disso é que em junho tivemos um ótimo desempenho, com recorde de faturamento e alta de 32% nas vendas, superando até mesmo nossa meta estabelecida antes da pandemia, que era um crescimento de 28%”, completa.

Durante a pandemia, a Vedacit ainda reformulou seu site e estreou o chatbot Téo. Já o lançamento do atendimento via WhatsApp, que estava previsto para acontecer ainda este ano, foi adiado para ao início de 2021. “Com a chegada da pandemia criamos um comitê de gerenciamento da situação, que realizou um criterioso estudo para a reorganização das despesas e conseguiu reduzir cerca de R$ 10 milhões com o realinhamento das ações. Como conclusão, algumas iniciativas acabaram postergadas para o próximo ano”, explica Bruno.

**Crédito da imagem no topo: Divulgação

Publicidade

Compartilhe