Mastercard deixará de ativar marca na Copa América

Buscar

Marketing

Publicidade

Mastercard deixará de ativar marca na Copa América

Empresa segue como patrocinadora do torneio, mas não fará ações para ativar marca na competição, que começa no próximo dia 13 e terá o Brasil como o País-sede

Bárbara Sacchitiello
9 de junho de 2021 - 6h00

Copa América terá início no próximo dia 13 (Crédito: Reprodução/facebook.com/CopaAmerica)

Patrocinadora oficial da edição 2021 da Conmebol Copa-América, a Mastercard não promoverá ativações e ações para exibir sua marca ao longo do torneio, que começa no próximo dia 13. A informação, inicialmente publicada pela Folha de S.Paulo na noite dessa terça-feira, 8, foi confirmada à reportagem de Meio & Mensagem pela comunicação da empresa.

“Após análise criteriosa, decidimos por não ativar nosso patrocínio à Copa América no Brasil”, diz a empresa, em nota. A decisão, no entanto, não tira a Mastercard da posição de patrocinadora da competição sul-americana. A empresa continua tendo seu nome vinculado ao torneio da Conmebol, mas não promoverá o patrocínio em ações publicitárias e outras formas de ativação.

A decisão da Mastercard acontece em um momento em que a realização do torneio é criticada por parte da opinião pública e pela imprensa. Inicialmente marcada para acontecer na Argentina e na Colômbia, a Copa América deixou suas sedes originais por conta de instabilidade política, no caso da Colômbia, e pela alta proliferação de Covid-19, no caso da Argentina.

Na semana passada, a Conmebol anunciou que o Brasil, que recebeu a última edição da Copa América, e 2019, será a sede da edição deste ano. A decisão gerou críticas por parte da imprensa, por conta do grau da pandemia no Brasil e gerou instabilidade também na seleção brasileira, com jogadores e comissão técnica demonstrando insatisfação pela decisão de ter o Brasil como País-sede.

Os jogos da competição serão realizados no estádio Mané Garrincha, em Brasília; Arena Pantanal, em Cuiabá; Estádio Olímpico, em Goiânia; e Nilton Santos e Maracanã, ambos no Rio de Janeiro.

No comunicado enviado à imprensa, no entanto, a Mastercard não especifica quais foram as razões exatas que a levaram a desistir de ativar sua marca na Copa América. No Brasil, o evento será transmitido pelo SBT, na TV Aberta, e pelos canais Disney (Fox Sports e ESPN) na TV paga.

Publicidade

Compartilhe