AO VIVO

Assista ao vivo a transmissão da cerimônia do Caboré 2021

Black Friday: 64% dos brasileiros têm intenção de compra

Buscar

Marketing

Publicidade

Black Friday: 64% dos brasileiros têm intenção de compra

Estudo do Google, encomendado à Ipsos, ainda revela que a data terá perfis mais abertos e cautelosos em relação ao consumo


28 de outubro de 2021 - 15h26

Durante seu primeiro evento sobre a Black Friday, o Black Friday Connections, que aconteceu nesta quinta-feira, 28, o Google divulgou dados de uma pesquisa encomendada à Ipsos com 500 entrevistados que revela que 64% dos brasileiros planejam comprar nesta data, que neste ano cairá no dia 26 de novembro, última sexta-feira do mês. O estudo também mostra que há dois perfis distintos de consumidor para a data: um mais cauteloso, que representa 44% dos respondentes e um mais aberto, com 56%.

 

Black Friday 2021 terá preferência por celulares e eletrônicos (Crédito: PopTika/Shutterstock)

O perfil mais cauteloso é identificado como um brasileiro mais desafiado economicamente, que na falta de um motivo para comprar, que vai além do seu próprio desejo ou na ausência de promoções que chamem a atenção, se desconecta da data. Entre esses 44%, 25% estão economizando para necessidades futuras e 19% só pretendem comprar se encontrarem um ótimo desconto.

Devido ao cenário econômico desafiador imposto, principalmente, pela pandemia, a Black Friday deste ano tem o papel de viabilizar compras para consumidores com o bolso mais apertado. Segundo uma pesquisa online do Google, com mil entrevistados, 31% deles afirmaram que os varejistas podem ajudar os compradores oferecendo grandes descontos e preços muito baixos; 20% valorizam as possibilidades de parcelamento; e 16% preferem descontos progressivos que permitem comprar mais itens.

O perfil mais aberto está mais conectado com seus desejos e com a Black Friday. Dos 56% que declararam estar mais abertos para a data, 37% estão economizando para comprar com desconto na data, 13% querem comprar muitas coisas, justamente por não terem comprado no ano passado, e 6% deles vão aproveitar para comprar mais presentes. Neste caso, para o varejista, o desafio não é convencer o consumidor mais aberto a comprar na Black Friday, mas, sim, comprar em determinada loja.

A pesquisa ainda revela que 71% dos mais abertos acreditam que sua situação financeira vai melhorar até o final do ano versus 56% dos cautelosos. Já 84% planejam comprar na Black Friday contra 49% do perfil cauteloso. Para os mais abertos ao consumo, a Black Friday já começou e 42% deles já estão pesquisando e esperando por ótimas promoções.

Por fim, o estudo da Ipsos, encomendado pelo Google, indica quais são as categorias que os brasileiros pretendem comprar durante a Black Friday deste ano. Vestuário (62%) e celulares (40%) aparecem no topo da lista, seguidos por livros e papelaria (38%); calçados (33%); itens de cuidado pessoal (27%); computadores (26%); comidas (23%); móveis (19%); eletroportáteis (17%); e TVs (16%).  Na parte de serviços, há destaque para passagens aéreas e hotéis, com 12% de intenção durante a Black Friday 2021, percentual este próximo a diversas categorias de produtos.

**Crédito da imagem no topo: Fizkes/Shutterstock

Publicidade

Compartilhe