Com foco em relevância e alcance, Facebook atualiza métricas

Buscar

Mídia

Publicidade

Com foco em relevância e alcance, Facebook atualiza métricas

Plataforma desabilita mensurações que vinham sendo pouco utilizadas e implementa técnicas mais "acionáveis" para anunciantes


13 de março de 2019 - 7h18

Após polêmicas envolvendo sua relação com os anunciantes, o Facebook anuncia novas métricas (Crédito: Pete Linforth/Pixabay)

O Facebook apresentou nesta semana novas métricas para marcas, agências e outros parceiros. Segundo a companhia, essa revisão proporcionará aos anunciantes “mais resultados acionáveis e menos informações não utilizadas”. Em nota, a plataforma anunciou três atualizações: novas métricas de relevância, nova taxa de alcance potencial e a remoção de métricas usadas com menos frequência.

Taxa de relevância
As novas métricas de relevância mostram se os anúncios que foram publicados foram interessantes de alguma forma para as pessoas. “Agora, ao invés de fornecer essa informação em um índice só, substituiremos por três novas métricas mais granulares”, diz o comunicado. Isto é: o ranking de qualidade de um anúncio em relação aos outros que estão disputando pelo mesmo público; o ranking de índice de envolvimento deste anúncio em comparação aos outros; e o ranking de taxa de conversão que se esperar em relação a campanhas com a mesma meta de otimização competindo pelo mesmo público. De acordo com o Facebook, estes níveis em conjunto auxiliam o anunciante a entender e alterar o criativo, direcionar o público ou oferecer uma experiência pós-clique, colaborando portanto na melhoria do desempenho.

Alcance potencial
Este ponto, diferentemente do alcance da campanha — que mede o número de pessoas que foram afetadas após a veiculação –, mostra uma estimativa de quantas pessoas esse anúncio pode atingir mesmo antes de ser divulgada. Este cálculo era feito com base no número total de contas ativas por mês na rede social, mas agora será apenas o número de pessoas que viram a campanha nos últimos 30 dias, já que é possível usar o Facebook e não ver nenhum anúncio.

Números pouco usados
O último ponto da atualização divulgada pela plataforma é a remoção de métricas que não têm sido tão utilizadas para que sejam substituídas por outras mais acionáveis. Segundo a empresa, um exemplo de novo número seria a mensuração de publicações salvas para que companhias possam saber o índice de pessoas que deixaram para ver determinado anúncio mais tarde. “Os anúncios de oferta também serão contabilizados nessa nova métrica, por isso, a métrica de ofertas salvas será removida”.

Não é de hoje que a plataforma altera as suas métricas devido a atualização segundo o comportamento da audiência ou problemas em técnicas anteriores. Desde o final de 2016, a companhia divulgou uma série de medidas para melhorar o desempenho das marcas na plataforma, inclusive parcerias com Nielsen e Comscore. Já em 2017, o Facebook aumentou a mensuração de dados por terceiros. Nesse mesmo ritmo, anunciou no ano passado que tornaria suas “métricas mais transparentes” para os anunciantes, além de remover 20 mensurações consideradas redundantes por profissionais da área.

*Crédito da imagem no topo: Simon Steinberger/Pixabay

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • facebook

  • marcas

  • metricas

  • anuncio

  • mensuração

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”