Após sucesso no Carnaval, Waze escala Milton Cunha

Buscar

Mídia

Publicidade

Após sucesso no Carnaval, Waze escala Milton Cunha

Comentarista da Globo gravou frases para o aplicativo em ação para divulgar a ferramenta de voz personalizada

Bárbara Sacchitiello
5 de março de 2020 - 12h49

Comentarista de carnaval da Globo motivou abaixo-assinado para participar de gravações do aplicativo (Crédito: Divulgação)

Uma das personalidades mais comentadas nas redes sociais durante o Carnaval, o comentarista e carnavalesco Milton Cunha emprestou sua voz para guiar os usuários do Waze.

A ação, articulada pela agência Mutato, atende a diversos pedidos feitos pelo público ao longo da folia. Empolgados com os comentários elogiosos de Cunha – que foi um dos destaques da transmissão dos desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro feito pela Globo — os espectadores postaram que o comentarista seria a voz ideal para o aplicativo de trânsito. Houve até um abaixo-assinado, solicitando que o Waze contratasse o carnavalesco para dar voz ao navegador.

Além de chamar a atenção do público, a ação também pretende divulgar o recurso de Gravador de Voz do Waze, que permite que qualquer usuário grave suas frases e defina um guia personalizado de navegação.

Milton Cunha gravou algumas frases para os comandos do aplicativo, que poderão ser baixadas pelos usuários. O processo de gravação foi compartilhado pelo Waze em seus perfis nas redes sociais. Veja:

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • milton cunha

  • Globo

  • Waze

  • digital

  • Redes Sociais

  • aplicativo

  • trânsito

  • Carnaval

  • VOZ

  • gravação

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”