Fiat é a marca mais associada ao Big Brother Brasil

Buscar

Mídia

Publicidade

Fiat é a marca mais associada ao Big Brother Brasil

Estudo da MindMiners também revela que a estreante Americanas é a segunda marca que vem a cabeça dos brasileiros quando pensam no reality

Amanda Schnaider
13 de março de 2020 - 6h00

Prova do anjo realizada na última sexta-feira, 6, é a primeira ação da Fiat nesta edição do reality (Crédito: Reprodução/Globoplay)

Desde a primeira edição, em 2002, as marcas estiveram presentes no Big Brother Brasil, reality show da Globo. Patrocinando festas, provas e ação de merchandising, esses anunciantes, de certa forma, permanecem no subconsciente dos espectadores. Um estudo realizado pela MindMiners, que avalia as opiniões do público sobre diferentes aspectos do programa, revela que a Fiat é a marca mais lembrada, considerando todas as edições do BBB.

A montadora, que foi patrocinadora máster do reality durante 15 anos, encerrou a parceria em 2017. A empresa, porém, continuou realizando ações de merchandising nas edições seguintes do programa. Na última sexta-feira, 6, a Fiat fez sua primeira aparição na casa do BBB 20, durante a prova do anjo, que deu um carro para a vencedora Ivy. A ação é parte da campanha integrada criada pela LeoBurnett Tailor Made, que também contou com vídeos de 20 e 15 segundos.

A segunda marca mais lembrada pelo público é a Americanas, que teve sua estreia como patrocinadora máster na edição deste ano e já protagonizou duas provas que definiram a liderança semanal do jogo. A rede de lojas faz parte de um time de empresas, que inclui Lacta, Burger King, Claro, Faculdades Anhanguera e PicPay. Cada um desses anunciantes teve que investir uma quantia de R$ 42,6 milhões pela cota de patrocínio, que contempla exibição multiplataforma. Dentre eles, apenas a rede de faculdades foi indicada pela maioria dos entrevistados como incompatível com o perfil do programa, segundo a pesquisa da MindMinners.

Além das marcas mais lembradas pelos espectadores, a pesquisa, realizada de 3 a 10 de março — que ouviu 500 pessoas de todas as classes, faixas etárias e regiões do Brasil — aponta que 70% dos respondentes assiste ou já assistiu alguma edição do programa, visto que o percentual é maior entre mulheres e entre as classes A e B.

A forma como esse público acompanha o BBB também foi abordada pelo estudo. Segundo o levantamento, 68% dos entrevistados afirmaram que vêem as novidades do reality através da própria Globo, seguido pelas redes sociais e pelos sites de notícias. Conforme comprovado pela pesquisa, as redes sociais são um grande canal de disseminação de informações sobre o programa, visto que o Instagram lidera essa audiência, seguido por Facebook e Twitter.

Por fim, outro ponto levantado pelo estudo diz respeito aos conteúdos que mais agradam os espectadores do BBB. Ainda considerando todas as edições do programa, os conflitos são assuntos queridinhos da audiência, seguido por prova de liderança e anjo, competitividade e festas.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • facebook

  • Claro

  • Globo

  • Twitter

  • Burger King

  • Instagram

  • Fiat

  • lacta

  • Lojas Americanas

  • PicPay

  • MindMiners

  • Sprite

  • embelleze

  • Faculdade Anhanguera

  • pesquisa

  • BBB

  • Redes Sociais

  • marcas

  • patrocinadores

  • Canais

  • bbb20