O que esperar da temporada de festas de 2020

Buscar

Opinião

Publicidade

O que esperar da temporada de festas de 2020

Veja as 4 principais tendências de consumo


13 de novembro de 2020 - 14h07

(Crédito: Reprodução)

As festas de fim de ano são um momento especial, caloroso, reconfortante e de alegria. Canções de Natal, Papai Noel, enfeites e pisca-pisca – tudo isso faz parte de uma época de tradições que alegram milhões de pessoas no mundo, ano após ano.

Mas, com milhões de pessoas em todo o mundo se adaptando a um novo normal e as empresas se ajustando às mudanças nas medidas do isolamento e restrições, sabemos que a temporada de festas deste ano será muito diferente em comparação com 2019. Embora algumas tradições continuem as mesmas, muitas mudarão. Aqui estão minhas previsões de como os compradores brasileiros vão encontrar, comprar e presentear durante a temporada de compras mais movimentada do ano.

Enquanto os presenteadores e compradores festivos se vão se apoiar no e-commerce, muitos também querem voltar a visitar as lojas

A pandemia introduziu um segmento inteiramente novo de pessoas no comércio eletrônico pela primeira vez, e muitos vão continuar a navegar online nesta temporada de férias devido à facilidade e conveniência que experimentaram. Na pesquisa Festive Season, conduzida pela Criteo, descobrimos que, enquanto 37% dos compradores brasileiros dizem que se sentem mais confortáveis comprando em lojas físicas agora do que há alguns meses, 74% deles também disseram que se sentem mais confortáveis comprando online este ano. Mesmo que a maioria dos compradores se restrinja ao comércio eletrônico neste período de festas, não se esqueça daqueles que ainda podem querer fazer suas compras pessoalmente e, se você tiver locais físicos, certifique-se de fornecer uma experiência segura e positiva.

A fidelização é mais importante do que nunca – e novos compradores online são uma grande oportunidade

No início deste ano, em nossa pesquisa Peak to Recovery, descobrimos que 56% dos consumidores brasileiros compraram em lojas online pela primeira vez durante o pico de Covid-19 e 94% disseram que, provavelmente, continuarão comprando nessas novas lojas que descobriram. Permanecer conectado aos novos clientes que descobriram sua marca nos últimos meses e aos clientes fiéis de anos anteriores será, obviamente, o foco principal de muitos varejistas neste período de festas de fim de ano. Fornecer uma experiência personalizada e contínua que alcance seu cliente em todas as etapas de sua jornada de compras será fundamental. À medida que eles navegam por dispositivos e ambientes, mensagens relevantes e criativos exclusivos para suas experiências individuais serão importantes para fortalecer as conexões e mostrar sua compreensão de suas necessidades.

As promoções terão uma influência ainda mais significativa nas compras de presentes neste ano.

Embora muitos compradores tenham sentido o impacto econômico da pandemia este ano, eles não estão deixando que isso afete sua disposição de comemorar (e gastar!) nas festas de fim de ano. No entanto, devido aos desafios econômicos, a competição será mais acirrada do que nunca, e alguns compradores que antes eram menos sensíveis ao preço (por exemplo, a Geração Z) podem se tornar muito mais. Envolver seu cliente em vários pontos de contato – por meio de mídia social, marketing por e-mail etc. – com uma experiência personalizada que comunica suas ofertas e promoções de fim de ano será fundamental para se destacar entre os concorrentes nesta temporada.

Os serviços de entrega em domicílio são essenciais para uma ótima experiência do cliente na época festiva

A pesquisa Festive Season revelou que 6 em cada 10 compradores brasileiros mencionaram o frete como um dos fatores mais importantes ao comprar online. O custo do frete também é um dos principais influenciadores para os consumidores brasileiros comprarem em uma loja online específica este ano. Os varejistas devem se certificar de que os clientes existentes estão satisfeitos com seu serviço de entrega em domicílio atual para garantir que seus clientes não mudem para um concorrente com uma melhor entrega ou política de devolução. Os clientes de todas as gerações procuram uma entrega rápida e gratuita e esta pode ser a chave que faz um varejista se destacar de seus concorrentes quando um cliente está se perguntando onde comprar um produto semelhante em um site ou aplicativo diferente.

Nem é preciso dizer que a experiência de compra será diferente nesta temporada de festas. No entanto, o que se manterá durante as semanas de compras mais movimentadas do ano é a importância de construir conexões significativas com consumidores novos e existentes. No fundo, essas pessoas procurarão marcas que forneçam experiências de compra agradáveis que tornem a compra fácil. Os varejistas que ajustam sua estratégia de fim de ano para atender às necessidades dos compradores são os que sairão por cima neste ano.

*Crédito da foto no topo: Irina Devaeva/iStock

Publicidade

Compartilhe