Uma pitada de coragem pode transformar a sua vida

Buscar
Publicidade

Opinião

Uma pitada de coragem pode transformar a sua vida

Trabalhar no exterior implica, antes de tudo, em estar disposto/a a quebrar suas próprias regras


9 de fevereiro de 2022 - 14h00

(Crédito: Shutterstock)

Conheço alguns executivos brasileiros que sonham com a experiência de trabalhar no exterior. Se você está entre eles e ainda não sentiu o sabor único de ser um profissional fora do Brasil, certamente já planejou arrumar suas malas, pelo menos, algumas dezenas de vezes na vida.

Eu poderia escrever aqui, por experiência própria, um caldeirão sobre os desafios do trabalho no mercado internacional, a saudável relação de parceria e confiança com os clientes, as dificuldades e os prazeres em trabalhar conteúdo de forma integrada, a inquestionável qualidade de vida, e muitos outros gostos e temperos.

Mas nada disso tem a mínima importância se você não estiver disposto a quebrar suas próprias regras, seja no Brasil ou em qualquer lugar do mundo.

É lindo olhar gente que tem sede de construir, de ser melhor, de fazer acontecer. Mas a verdade é que estar disposto a sair da zona de conforto é raridade, principalmente para quem não tem coragem de dar com a cara no muro e acaba se escondendo atrás dele.

A vida de qualquer profissional que investe na carreira tem como premissa o poder de se reinventar a cada dia e ultrapassar os limites da sua própria rotina. Viver experiências diferentes no cotidiano, estar aberto ao novo na prática das simples coisas, conversar com pessoas que discordam de você, ouvir músicas que normalmente não fazem parte do seu repertório. Nossa fonte de inspiração é fruto de exploração do mundo, é se espelhar e se inspirar em todos, e tentar formar sua própria opinião sobre tudo.

E, se de perto todo mundo parece louco, de longe todo mundo parece feliz. Afinal, reinventar-se é pular em um abismo de olhos fechados. Estar a dois passos do paraíso pode não ser tão perto e simples quanto se imagina. Enfrentar novas descobertas é emoção ao estilo “vamos colocar tudo na mesma panela e ver o caldo que dá”. O pânico e a insegurança vão aparecer, e é neste momento que a sua luta começa.

Apaixone-se de novo pelo que você faz, independente de onde esteja. Resgate a sua coragem e aceite os desafios na dose certa. Comece devagar, mas dê o primeiro passo. Uma pitada de coragem pode transformar a sua vida. Você vai agradecer a si mesmo mais tarde. E o nosso mercado também agradece.

Publicidade

Compartilhe

Veja também