O marketing por trás do buraco negro de Fortnite

Buscar

O marketing por trás do buraco negro de Fortnite

Buscar
Publicidade

Marketing

O marketing por trás do buraco negro de Fortnite

Evento deixou o mapa do jogo vazio por dois dias para engajar o público no lançamento do segundo capítulo do game online


17 de outubro de 2019 - 7h17

Buraco negro engoliu o universo do game no fim da 10º temporada (Crédito: Reprodução/ Facebook)

O Fortnite, game multiplayer da Epic Games, iniciou nesta semana o Capítulo 2 de seu universo online. E para encerrar a décima temporada do jogo, e iniciar a nova fase, os usuários viram um foguete ser lançado na ilha onde se passa o game e um buraco negro engolir todo o universo de Fortnite. O evento, chamado “The End”, começou no domingo, 13, foi transmitido simultaneamente no mundo todo e deixou os jogadores questionando as mudanças que seriam feitas na nova versão.

O movimento despertou o interesse do mercado de marketing e tecnologia. Para a revista de negócios norte-americana Fortune, o evento foi uma ação de marketing para colocar o jogo e o lançamento de seu segundo capítulo de volta nos debates sobre o ecossistema gamer.

De fato, foi. A plataforma voltou à vida na terça-feira, 15, repleta de mudanças. Apresentou um novo mapa para o jogo, com ambiente menos urbano, mais opções de veículos, atividades e formas de se esconder dos inimigos. Além dos passes de batalha, agora, os jogadores também podem ganhar experiência extra ao realizar tarefas como matar ou abrir baús.

A aposta acontece em um momento em que a visibilidade de Fortnite estaria apresentando leve declínio. Apesar ainda ser o jogo mais transmitido no Twitch, em agosto, a média anual de espectadores do game caiu 37%, também segundo a Fortune.

*Com informações do AdAge

**Crédito da foto no topo: Reprodução

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Masp vai hastear bandeira LGBT+ durante a Parada de São Paulo

    Masp vai hastear bandeira LGBT+ durante a Parada de São Paulo

    Iniciativa inédita foi idealizada pelo Castro Festival e viabilizada pela marca Amstel

  • Para líderes, investimento em ESG está conectado à reputação

    Para líderes, investimento em ESG está conectado à reputação

    Pesquisa indica motivações de CEOs e C-level para adoção de práticas de ESG; alta gestão aponta, ainda, imagem da marca e melhora na gestão da empresa