Com Budweiser e XP, NFL revela planos para primeiro jogo no Brasil

Buscar

Com Budweiser e XP, NFL revela planos para primeiro jogo no Brasil

Buscar
Publicidade

Marketing

Com Budweiser e XP, NFL revela planos para primeiro jogo no Brasil

Liga de futebol americano trará Philadelphia Eagles e Green Bay Packers para protagonizar o primeiro jogo no Brasil e já faz planos para o futuro


10 de abril de 2024 - 17h21

Presidente da SPTuris, Gustavo Pires, vice-presidente sênior da NFL Internacional, Gerrit Meier, Presidente do Corinthians, Augusto Melo e o gerente da Neo Química Arena, Marcio de Luna na arena, palco do jogo (Crédito: Douglas Matsunaga / NFL Brasil)

Presidente da SPTuris, Gustavo Pires, vice-presidente sênior da NFL Internacional, Gerrit Meier, Presidente do Corinthians, Augusto Melo e o gerente da Neo Química Arena, Marcio de Luna na arena, palco do jogo (Crédito: Douglas Matsunaga / NFL Brasil)

A National Football League (NFL) anunciou na manhã desta quarta-feira, 10, que o Green Bay Packers será o adversário do Philadelphia Eagles no primeiro jogo na história da liga no Brasil. O anúncio foi feito nas redes sociais da própria Liga e pelos times.

Junto à divulgação da informação, aconteceu uma coletiva de imprensa com a presença vice-presidente sênior da NFL Internacional, Gerrit Meier, do presidente da SPTuris, Gustavo Pires e de representantes do Corinthians.

A coletiva de imprensa aconteceu na Neo Química Arena, que será palco do jogo, válido pela temporada regular da liga.

A partida acontecerá no dia 6 de setembro e faz parte do projeto da NFL de se aproximar do público brasileiro. Além disso, para o Corinthians, é um passo para a sustentabilidade financeira da arena. “Nossa arena tem que ser sustentável, está sendo transformada em uma arena multiuso. É um evento importante e gigantesco no mundo”, disse Augusto Melo, Presidente do Sport Club Corinthians Paulista.

NFL movimenta negócios

Para essa partida, a NFL já conta com dois patrocinadores confirmados. A XP foi a primeira, anunciada durante a coletiva que aconteceu em dezembro do ano passado.

Agora, segundo apurado pela reportagem de Meio & Mensagem, a Budweiser é a segunda marca confirmada para realizar ativações durante a estadia da liga no Brasil. A NFL ainda tem negociações em andamento para que mais marcas estejam presentes no jogo.

Por fim, a entidade esportiva já negocia com players brasileiros para realizar a transmissão da partida. O primeiro foco foi a negociação da comercialização da exibição nos EUA. Por lá, a NBC foi a rede escolhida e transmitirá via Peacock.

Em solo nacional, apesar de, segundo Meier, já haver conversas, ainda não há uma definição sobre a transmissão. Esse acordo deve ser acertado nas próximas semanas. O Brasil tem, atualmente, dois canais exibidores dos jogos da NFL, incluindo o Super Bowl, que são ESPN e RedeTV!.

Impactos no Brasil

O Brasil já é um dos países que mais consome futebol americano no mundo, ficando atrás apenas de Estados Unidos e México. Esse fator pesou na decisão da NFL em trazer um jogo pela primeira vez para a América Latina.

Gerrit Meier, presidente sênior da NFL, afirmou que esse foi um fator determinante para a escolha do País. “A NFL tem total noção que a paixão do brasileiro transcende o esporte, é vista em diversas frentes e isso é um fator motivador para a NFL estar aqui nesse momento”.

Além disso, a intenção da liga é fazer um trabalho a longo prazo com o Brasil, para que o País se torne um dos destinos recorrentes do esporte. Apesar de ainda não ter planos concretos, a NFL já havia dito que a intenção é ter um trabalho perene com o Brasil.

A vinda da liga impactará diretamente a cidade, que deve se estruturar para receber fãs do esporte de diversas partes do Brasil. A estimativa da NFL é que, pelo menos, 10% do público presente na Neo Química Arena seja de estadunidenses.

O presidente da SPTuris, Gustavo Pires, estima que haja um impacto econômico de cerca de US$ 60 milhões. “Será possível uma geração de emprego com mais de 5 mil vagas. Teremos hotéis mais cheios, mais procura por serviços de mobilidade urbana e a vinda de turistas”, prevê.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Masp vai hastear bandeira LGBT+ durante a Parada de São Paulo

    Masp vai hastear bandeira LGBT+ durante a Parada de São Paulo

    Iniciativa inédita foi idealizada pelo Castro Festival e viabilizada pela marca Amstel

  • Para líderes, investimento em ESG está conectado à reputação

    Para líderes, investimento em ESG está conectado à reputação

    Pesquisa indica motivações de CEOs e C-level para adoção de práticas de ESG; alta gestão aponta, ainda, imagem da marca e melhora na gestão da empresa