Dividas levam Kodak a concordata

Buscar
Publicidade

Marketing

Dividas levam Kodak a concordata

Com 131 anos de história, a Kodak soma US$ 6,75 bilhões em dívidas e entra com pedido de concordata no tribunal de Nova York


20 de janeiro de 2012 - 8h30

A Kodak subestimou o potencial de uma criação inventada pela própria empresa, a fotografia digital, e preferiu investir no plano de tornar uma empresa de impressoras, enquanto as vendas dos filmes tradicionais recuavam. A tentativa, liderada pelo diretor-presidente da Kodak, Antonio Perez, fracassou e a empresa que ao longo dos seus 131 anos de história se transformou em símbolo de fotografia acaba de entrar com pedido de concordata.

A confirmação veio na manhã dessa quinta-feira, 19, quando a Kodak formalizou o registro junto ao tribunal de concordatas de Nova York. A medida, já aventada no início do mês de janeiro, é uma forma de tentar reorganizar as finanças da empresa por meio do corte de custos e a venda de parte de sua carteira de patentes. De acordo com informações do Wall Street Journal, estima-se que a Kodak tenha perdido US$ 7 bilhões em valor de mercado nos últimos anos.

Conduzido por Dominic Di Napoli, vice-presidente do conselho da FTI Consulting Inc., ao lado do banco de investimento Lazard Ltd. e o escritório de advocacia Sullivan & Cromwell, o processo de reestruturação conta com uma linha de empréstimos da ordem de US$ 950 milhões liberada pelo Citigroup Inc. para preservar o funcionamento da companhia durante o período da concordata, previsto para terminar em 2013. O destino de 19 mil funcionários, além dos aposentados é incerta. "A reorganização empresarial visa a aumentar a liquidez nos Estados Unidos e no exterior, monetizar propriedades intelectuais não estratégicas, resolver de maneira justa o passivo antigo e permitir que a empresa se concentre em seus negócios mais lucrativos", disse a Kodak num comunicado.

A Kodak possui hoje US$ 5,1 bilhões em ativos e US$ 6,75 bilhões em dívidas. Entre seus credores, estão Wal-Mart Stores Inc., Target Corp., Best Buy Co. Inc. Amazon.com Inc., Sony Studios, Warner Brothers, Disney Studios, Paramount Studios e Nokia Corp. Fundada em 1884 por George Eastman, a Kodak registrou um prejuízo de US$ 179 milhões no terceiro trimestre de 2011, uma perda ainda maior do que a obtida um ano antes, de US$ 167 milhões. A receita também não acompanhou a previsão inicial de US$ 1,53 bilhão, fechando o ano em US$ 1,49 bilhão. Os papeis da companhia caíram de US$ 90 em 1997 para US$ 1 atualmente, uma desvalorização da ordem de 80%.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Fini licencia produtos temáticos de Harry Potter

    Fini licencia produtos temáticos de Harry Potter

    A parceria será uma das primeiras na categoria de balas gelatinosas com o universo bruxo no Brasil

  • Projeto oferece mentoria gratuita a empresas afetadas pelas enchentes do RS

    Projeto oferece mentoria gratuita a empresas afetadas pelas enchentes do RS

    Criado pelo Share, Reafirma prevê o trabalho de consultoria e desenvolvimento de estratégias em comunicação, marketing e vendas para que as empresas possam retomar suas atividades