Jovens preferem gastar com viagens

Buscar
Publicidade

Marketing

Jovens preferem gastar com viagens

Pesquisas apontam aumento da participação do público jovem na base de consumo de viagens e turismo no País


7 de outubro de 2013 - 8h54

Estudo da Fundação Getulio Vargas (FGV) mostra que as pessoas que mais viajam no Brasil têm menos de 35 anos de idade. Os dados da B2, especializada na produção de eventos e viagens para jovens, também comprovam que o principal sonho das novas gerações é viajar.

A busca por novas experiências e descobertas, enquanto ainda não há a responsabilidade de sustentar uma família, são os principais argumentos elencados por Ricardo Buckup, sócio da B2, em entrevista para o jornal Valor Econômico, que explicam o aumento do público jovem na base de consumo de viagens e turismo no País. Do total da amostra investigada pela B2 – de 2,2 mil jovens -, 31% pretendem viajar para o exterior no próximo ano e 23% planejam visitar localidades brasileiras.

O aprendizado de idiomas e o intercâmbio cultural também fortalecem a representatividade dos jovens nos resultados do turístico que, segundo dados da Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav) fornecidos ao Valor, deve variar entre 10% a 15% atualmente. O cenário levou o Ministério do Turismo a criar o programa Viagem Mais Jovem, com linhas especiais de financiamento e pacotes turísticos, que tem previsão para ser lançado ainda neste mês.

Os números do Data Popular também sustentam a investida. De acordo com informações do instituto, a primeira viagem de avião é realizada, em média, aos 24 anos de idade no Brasil. Europa, Ásia, América Latina e América do Norte estão entre os roteiros preferidos dos brasileiros, segundo o site internacional de viagem Trip Advisor.

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Cimed nomeia João Branco ao Conselho e mira liderança de mercado

    Cimed nomeia João Branco ao Conselho e mira liderança de mercado

    Farmacêutica passa a contar com o executivo em proposta de alcançar os R$ 5 bilhões de faturamento até 2025 e anuncia nova marca de produtos para bebês

  • Setor auto, educação e saúde devem acelerar investimentos

    Setor auto, educação e saúde devem acelerar investimentos

    Dado é fruto da pesquisa Bússola de Marketing, do Grupo Croma, realizado em parceria com Aba, Abap, Cenp e Ampro