Vibra fica com a marca BR Mania e desfaz joint venture com Americanas

Buscar

Vibra fica com a marca BR Mania e desfaz joint venture com Americanas

Buscar
Publicidade

Marketing

Vibra fica com a marca BR Mania e desfaz joint venture com Americanas

Companhias eram parcerias no ramo de lojas de conveniência desde 2020 e manterá a parte da BR Mania, com a marca Vem Conveniência S.A


1 de dezembro de 2023 - 16h44

Vibra BR Media Americanas

(Crédito: Adobe Stock)

Após meses de negociação, a Vibra anunciou nessa quinta-feira, 30, que desfez a parceria com a Americanas S.A para ficar com 100% da marca de lojas de conveniência BR Mania.

De acordo com o Fato Relevante, “o negócio Lojas Local segue com uma empresa 100% pertencente à Americanas S.A e o negócio BR Mania, com uma nova empresa cujas ações são integralmente detidas pela Vibra e que continuará usando o nome empresarial Vem Conveniência S.A”.

A Americanas e a Vibra formalizaram a joint venture para atuar no mercado de proximidade e conveniência em fevereiro de 2022. A operação passou a integrar as lojas BR Mania, da Vibra, e Local, da Americanas, nascendo com uma rede de mais de 1.250 lojas. Cada uma das companhias tinha participação de 50% na joint venture.

Em janeiro de 2023, a Vibra Energia havia informado, também por Fato Relevante, que seu Conselho de Administração havia notificado a Americanas para imediato encerramento da joint venture, que originou as lojas Vem Conveniência.

A decisão aconteceu após ter vindo a público, em janeiro, a revelação das inconsistências contábeis da Americanas S.A.

Ao desfazer o acordo a Vibra Energia informa que pagou para a Americanas S.A o valor de R$ 192 milhões em razão da diferença no valor dos negócios.

No comunicado, a companhia diz que “espera prosseguir com o crescimento já verificado e desenvolver ainda mais o seu negócio de conveniência, como parte indispensável na sua proposta de valor para a revenda e consumidores de sua rede de postos.”

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Comissão do Senado aprova o marco legal dos games

    Comissão do Senado aprova o marco legal dos games

    Projeto de Lei prevê a regulamentação da indústria de jogos online e estabelece fomento e medidas de incentivo para impulsionar os negócios

  • Cresce o número de brasileiros que jogam, afirma PGB 2024

    Cresce o número de brasileiros que jogam, afirma PGB 2024

    Segundo a 11ª edição da Pesquisa Game Brasil, 73,9% dos brasileiros afirmam jogar jogos digitais, um aumento de 3,8% comprado com a edição anterior