Com Flamengo, Globo fica próxima do Brasileirão

Buscar

Com Flamengo, Globo fica próxima do Brasileirão

Buscar
Publicidade

Mídia

Com Flamengo, Globo fica próxima do Brasileirão

Na tarde desta quarta-feira 6, Botafogo também confirmou acordo com a emissora


6 de abril de 2011 - 9h15

Pela sua imensa torcida e por ter as transmissões de maior audiência no País – a mesma categoria em que foi classificado o Corinthians – o Flamengo era um dos principais alvos da disputa pelos direitos de transmissão. Desde o início, quando também optou por negociar individualmente com as emissoras, o clube passou a ser assediado pela TV Globo e chegou a receber uma proposta, registrada em cartório, de R$ 100 milhões anuais da TV Record.

A assinatura do contrato foi feita pela presidente do Flamengo, Patrícia Amorim e pelo diretor geral da Globo Esportes, Marcelo Campos Pinto. Com a adesão do Flamengo, passam para 12 o número de clubes que, oficialmente, já declararam ter acertado seus direitos com a emissora: além do rubro-negro, já estão com a Globo o Corinthians, Palmeiras, Santos, Vasco, Grêmio, Cruzeiro, Coritiba, Bahia, Vitória, Sport e Goiás.

Após o acerto com o Flamengo, alguns sites de noticias noticiaram que o Fluminense também havia acertado com a Globo. A confirmação, porém, ainda não foi oficializada no site do clube do Rio de Janeiro, mas em breve, o clube deve anunciar a parceria com a emissora.

Botafogo

Na tarde desta quarta-feira 6, o Botafogo Clube de Futebol e Regatas foi o 13º time nacional a oficializar a parceria com a Globo. Em nota oficial publicada em seu site, o clube do Rio de Janeiro afirma que "as bases acertadas atendem plenamento aos interesses do Botafogo e confirmam o acerto de todas as decisões relacionadas ao tema".

Clube dos 13 e Rede TV

A adesão do Flamengo confirma as palavras do diretor geral da TV Globo, Octávio Florisbal, que garantiu em entrevista ao M&M Online que, em alguns dias, a emissora anunciaria o acerto com todos os grandes clubes do Brasil.

Para a Globo, não há problemas legais em negociar individualmente com os clubes pois os mesmos podem, a qualquer momento, retirar a procuração concedida ao Clube dos 13 (que fornece à entidade o direito de negociar em seus nomes). Para o próprio C-13, porém, a história é diferente. A entidade alega que as procurações são irrevogáveis e se mantém firme no discurso de que, atualmente, a única emissora com direito de transmitir o Brasileirão é a RedeTV – vencedora da proposta oficial, com uma oferta de R$ 516 milhões. A RedeTV, por sua vez, prefere não comentar o assunto

wraps

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Anunciantes e Kantar criam novo player de medição de audiência nos EUA

    Anunciantes e Kantar criam novo player de medição de audiência nos EUA

    Chamada de Aquila, plataforma é fruto de coalização entre Associação dos Anunciantes, Kantar, Meta, Amazon e TikTok

  • Pinterest lança ferramentas de IA para criativos e performance

    Pinterest lança ferramentas de IA para criativos e performance

    Recursos estão sob guarda-chuva do Pinterest Ad Labs, novo programa de inovação da plataforma para marcas selecionadas testarem os protótipos