Cidade de Deus terá nova versão feita por inteligência artificial

Buscar

Cidade de Deus terá nova versão feita por inteligência artificial

Buscar
Publicidade

Mídia

Cidade de Deus terá nova versão feita por inteligência artificial

Paulo Barcellos, CEO da O2 Filmes, conta que o longa passa por processo de restauração que trará novos efeitos visuais e sonoros


24 de junho de 2024 - 19h41

Cidade de Deus inteligência artificial

(Crédito: Divulgação)

Lançado em 2022 e considerado uma das maiores obras do cinema brasileiro, Cidade de Deus ganhará uma nova versão feita por tecnologia de inteligência artificial.

Paulo Barcellos, CEO da O2 Filmes, produtora responsável por Cidade de Deus, contou a novidade durante participação na 19ª Mostra de Cinema de Ouro Preto, nesse último fim de semana.

De acordo com o executivo, o processo de restauração do filme por meio de técnicas de IA já começou. Parte dele está sendo feito por um laboratório em Los Angeles, nos Estados Unidos.

No longa de Fernando Meirelles, a inteligência artificial será utilizada para corrigir imperfeições técnicas, bem como para melhorar efeitos de pós-produção, transição de imagens e eventuais imperfeições. Ainda não há previsão para o trabalho ser concluído.

O CEO da O2 também contou que serão feitas duas versões restauradas de Cidade de Deus. Uma será fiel à edição original, com melhorias gerais nas imagens e sons. Já a segunda terá mudanças nos efeitos sonoros e visuais em relação ao filme conhecido.

Curta-metragem de Cidade de Deus

O sucesso do cinema brasileiro já havia ganhado uma versão diferente – na verdade, uma continuidade em forma de curta-metragem – em um projeto de publicidade feito pela Vivo.

Em 2022, para celebrar os 20 anos de lançamento de Cidade de Deus, a operadora preparou um spin-off de 14 minutos que contou a história do personagem Buscapé, protagonista do longa, que retorna à Cidade de Deus como fotojornalista.

O projeto foi resultado de uma parceria entre a Vivo e Motorola e foi idealizada pela agência VMLY&R (atual VML). A produção foi feita pela O2 Filmes, com produção de Fred Luz.

O filme também dará origem a uma série, homônima, que será lançada na Max.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Como os brasileiros utilizam as redes sociais?

    Como os brasileiros utilizam as redes sociais?

    Levantamento da Brain investigou hábitos de consumo de redes sociais entre diversas faixas etárias; WhatsApp é o app líder entre todas as gerações

  • Paramount+ segue os demais streamings e reajusta preço no Brasil

    Paramount+ segue os demais streamings e reajusta preço no Brasil

    Após ter aumentado assinatura no mercado norte-americano, plataforma também terá novos valores no País a partir de setembro