Google amplia receitas com publicidade no buscador

Buscar

Google amplia receitas com publicidade no buscador

Buscar
Publicidade

Mídia

Google amplia receitas com publicidade no buscador

No segundo trimestre de 2023, companhia registrou faturamento de US$ 62 bilhões


26 de julho de 2023 - 11h54

Google publicidade buscador

(Crédito: Jay Fog/ Shuttestock)

Com informações do Ad Age e da Bloomberg

A Alphabet, empresa controladora do Google, divulgou os resultados financeiros do segundo trimestre de 2023, que superaram a expectativa de analistas. O crescimento da companhia foi impulsionado principalmente pelas receitas de seu buscador.

O faturamento da Alphabet, excluindo os pagamentos a parceiros, alcançou a marca de US$ 62 bilhões no segundo trimestre, de acordo com o divulgado pela companhia nesta terça-feira, 25.

Os analistas projetavam que as vendas da Alphabet ficariam em US$ 60,2 bilhões no período, de acordo com a Bloomberg.

A receita com publicidade nas buscas teve bom desempenho, gerando US$ 42,6 bilhões.

O buscador, que é o principal negócio do Google, resistiu à desaceleração de publicidade que afetou diversas empresas de mídia nos trimestres anteriores, como a Meta e o Snap.

O serviço de buscas do Google continua dominando o segmento, apesar das novas ameaças competitivas de Microsfoto e OpenAI, que oferecem recursos semelhantes de buscas com o ChatGPT, que responde aos usuários por meio de inteligência artificial generativa. O Google também criou seu próprio chatbot de inteligência artificial, o Bard, mas ainda não é amplamente utilizado.

O lucro líquido da companhia no trimestre foi de US$ 18,37 bilhões. A Alphabet ainda revelou que sua chief financial officer, Ruth Porat, assumirá o novo cargo de presidente e chief investiment officer a partir de setembro. A executiva seguirá como CFO até o próximo vez, enquanto a empresa procura por um substituto.

Publicidade

Compartilhe

Veja também