Quatro segredos que ninguém lhe conta sobre branded content

Buscar

Quatro segredos que ninguém lhe conta sobre branded content

Buscar
Publicidade

Opinião

Quatro segredos que ninguém lhe conta sobre branded content

São elementos básicos que podem ajudar a escalar o conteúdo de marca


17 de maio de 2019 - 6h00

(Crédito: Rawpixel/Pexels)

Toda marca é construída por meio de histórias únicas e cabe ao profissional de marketing saber como transmitir essas interessantes histórias ao público-alvo, fazendo com que a marca se destaque da concorrência. Nos dias de hoje, o modo como nos comunicamos mudou significativamente, e não temos disponíveis apenas os meios tradicionais como televisão e outdoors, mas sim uma grande quantidade de informações nas mídias sociais. Apesar dessa evolução, existe algo no marketing que permanece inalterado: a maneira como as marcas constroem suas identidades visuais e como impactam seu público.

O conteúdo visual é, indiscutivelmente, o formato mais atraente para contar histórias e, portanto, as marcas precisam investir em ter uma identidade visual bem estabelecida para ajudar seu conteúdo a ressoar e se destacar de seus concorrentes. No atual ambiente de mídia desordenado — onde mais de dois bilhões de fotos são carregadas para a mídia social diariamente — criar e manter uma identidade visual consistente não é tão simples quanto costumava ser.

Passamos da necessidade de aderir a uma “bíblia da marca” que dita as diretrizes para logotipos, fontes, humor e tom para todos os materiais da marca. Agora, os profissionais de marketing precisam monitorar o volume, a variedade e a frequência ao criar recursos visuais em uma variedade cada vez maior de pontos de contato com o cliente. As marcas precisam manter vários feeds sociais, geralmente em vários idiomas e regiões, e preenchê-los continuamente com conteúdo atrativo da marca, a fim de manter a máxima atenção entre seus clientes.

À medida que a consistência da marca toma o centro do palco, aqueles que utilizam as ferramentas tecnológicas certas e seguem os quatro elementos básicos para ajudar a escalar seu conteúdo de marca terão mais sucesso:

1. É tudo sobre a plataforma
Uma das maiores lutas dos profissionais de marketing é se concentrar na plataforma certa para sua marca. Os consumidores modernos são experientes e podem identificar facilmente conteúdo que parece fora do lugar. Por isso, é vital que os profissionais de marketing garantam que seu conteúdo se adapte à plataforma na qual eles estão comunicando. Um vídeo de estilo vertical do Snapchat provavelmente não será adequado para um Twitter ou vice-versa.

2. Aprenda com sua audiência
Os profissionais de marketing têm a responsabilidade de investir na compreensão de seu público-alvo. Ao analisar consistentemente os dados de percepção do público, os profissionais de marketing poderão aprender mais sobre seus clientes além dos dados demográficos básicos. Dados adicionais têm o potencial de transformar a capacidade de uma marca de se conectar com os clientes por meio de seu conteúdo, o que leva a um envolvimento maior. Os profissionais de marketing podem aprender mais detalhes básicos sobre como os clientes respondem a postagens sociais e usam essas plataformas para testar o que funciona bem em relação a tempo e conteúdo, por exemplo, se imagens extravagantes e divertidas geram maior engajamento em relação a imagens mais pontuais e motivacionais. Utilizando as ferramentas certas para insights de dados, as marcas podem criar conteúdo mais relevante que alcance seus dados demográficos nos melhores horários e locais.

3. Estude seus concorrentes
Manter um olho no que seus concorrentes estão fazendo também é extremamente importante. Os profissionais de marketing devem fazer sua devida diligência enquanto analisam objetivamente o conteúdo que estão enviando — do estilo visual e cópia ao volume de conteúdo e tempo — para distinguir os fatores que podem empregar para manter sua marca única. As marcas não querem ser homogêneas e os profissionais de marketing precisam entender o que seus concorrentes estão fazendo para criar conteúdo interessante e exclusivo em todas as plataformas.

4. Alinhe seu discurso com cada plataforma
A regra final para as marcas desenvolverem identidades de marca consistentes é alinhar seu conteúdo visual entre as plataformas. Tem que haver um senso de coesão que vai além da fonte e de um esquema de cores para desenvolver conexões reais com seus clientes. A consistência é fundamental para o recall da marca para garantir que os clientes possam identificar facilmente as marcas rapidamente.

Construir a identidade visual de uma marca não é tarefa fácil, mas, em última análise, é um dos ativos mais importantes que as marcas podem usar para estabelecer lealdade e, em última instância, aumentar sua receita. Como o marketing da marca continua a evoluir nesta era digital, é vital que os profissionais de marketing aproveitem as ferramentas certas, como a tecnologia de aprendizado de máquina, que podem ajudar os profissionais de marketing a manter o alinhamento e a consistência da marca nas plataformas.

*Crédito da imagem no topo: Smartboy10/iStock

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • O que as conversas de bastidores do Web Summit Rio dizem sobre o futuro da tecnologia?

    Conversei, observei e andei bastante pelo Riocentro e decidi compartilhar 3 percepções que me chamaram muita atenção nas conversas

  • Sobre barreiras transponíveis

    Como superar os maiores desafios do marketing com a gestão de ativos digitais