Publicidade

Opinião

Branding é para todo mundo?

A importância de construir a sua marca

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


3 de abril de 2024 - 6h00

No dinâmico mundo dos negócios, desde as gigantescas multinacionais até as emergentes startups e as marcas pessoais – ou como gosto de chamar, “eupresas” – a reflexão sobre branding é fundamental. A necessidade de construir e gerenciar a percepção da marca atravessa todos os tamanhos e tipos de negócio.

Seja você um novato no empreendedorismo, proprietário de uma micro, pequena, média ou grande empresa; mesmo que nunca tenha considerado a importância do branding, ou esteja no auge do sucesso empresarial; independente da concorrência ser escassa ou intensa. Em qualquer cenário, pensar na imagem e na percepção da sua marca e dedicar esforços para cultivá-la é crucial. Frequentemente, essa é a peça que falta para levar seu negócio ao próximo nível e sua ausência é uma das principais causas de falências e perda de espaço no mercado.

Cuidar da sua marca – desde a escolha das cores em suas comunicações até preocupar-se com a interpretação do público sobre suas mensagens, produtos e serviços – é o início de uma jornada de branding, mesmo que inadvertidamente.

As estratégias a serem adotadas, a necessidade (ou não) de investimentos, ferramentas, o quanto investir e o momento certo para cada ação variam consideravelmente conforme o contexto, o modelo de negócio e o tamanho da empresa. Além disso, o ambiente em que seu negócio opera e seus objetivos de futuro ditam a urgência e a importância de cada iniciativa de branding.

Elementos como consistência, foco no cliente, autenticidade, inovação, monitoramento e capacidade de adaptação são essenciais para todos. Branding transcende a simples construção de uma identidade visual atraente; ele deve evocar emoções, engajar o público e, sobretudo, contribuir para o alcance dos objetivos empresariais.

Para converter o consumidor, é fundamental que ele se lembre de você no momento da decisão de compra. Isso é alcançado através da construção de “frames” de memória – um conjunto de experiências, emoções, reputação, facilidade de acesso e qualidade no atendimento que, acumulados, influenciam a decisão de escolher sua marca em detrimento de outra.

O tamanho do negócio, se atua no modelo B2B (business to business) ou B2C (business to consumer), não altera a essência da gestão de marca: ela é imperativa para todos.

Ao aprofundar a compreensão do branding, não apenas como um esforço para tornar a marca “mais bonita”, mas como uma estratégia integrada para melhorar o desempenho e alcançar objetivos específicos, abre-se um leque de possibilidades para o sucesso empresarial. Branding é, sem dúvida, para todos.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Tecnologia x solidão: quais são os limites da conexão?

    Tecnologia x solidão: quais são os limites da conexão?

    Enquanto a inteligência artificial avança em ritmo cada vez mais acelerado, pesquisadores alertam para a crescente da solidão na vida cotidiana

  • Golpes e fraudes impactam e-commerce no Brasil em R$ 8,5 milhões por empresa

    Golpes e fraudes impactam e-commerce no Brasil em R$ 8,5 milhões por empresa

    No ano passado, aumentou em 70% o número de vítimas de ataques cibernéticos ou vazamentos de dados, se comparado com 2022