Kanye West e Pharrell Williams dão um boost na Adidas

Buscar

Marketing

Publicidade

Kanye West e Pharrell Williams dão um boost na Adidas

Após quatro anos e a estruturação de uma plataforma focada em lifestyle, marca alemã aparece pela primeira vez no ranking dos modelos mais vendidos nos Estados Unidos

Luiz Gustavo Pacete
26 de abril de 2017 - 7h47

No início do mês de abril, um levantamento desenvolvido pela consultoria NPD apontou os tênis mais vendidos nos Estados Unidos. Liderado por muitos anos pela Nike, o ranking trouxe uma novidade, pela primeira vez um modelo da concorrente Adidas passou a liderar a lista. O feito foi do Adidas Superstar.

pharrell

Pharrell Willians é parceiro da Adidas desde 2014

“Esta é a primeira vez que um produto da Nike não está no topo em mais de uma década”, destacou Matt Powell, analista do setor de esportes da NPD. O relatório da consultoria aponta que os EUA vivem um momento de tendência retrô que vem contribuindo para ampliar as vendas de modelos como o Jordan XII da Nike, que estreou durante a temporada de 1996-1997 de Michael Jordan. No caso da Adidas, o Superstar também foi beneficiado por esse movimento. Lançado em 1969, o modelo ganhou um relançamento em 2015 com a campanha “O que é ser um Superstar?”.

Ainda que o feito da Adidas esteja longe de pressionar a Nike, a notícia traz algumas indicações de que o caminho adotado pela marca há quatro anos está dando resultados. Ricardo Nunes, idealizador do Sneakers BR, explica que o resultado alcançado pela Adidas tem a ver com sua mudança de posicionamento há quatro anos focando em construção de narrativas e lifestyle.

kanyewest

Kanye West atrai multidões às lojas da Adidas com suas coleções

“A marca deu uma grande acelerada nesse processo de utilizar o tênis como plataforma, muito mais que focar em desempenho”, diz Nunes. Dois grandes momentos para a Adidas neste sentido foram em 2014 e 2016 com a parceria, respectivamente com os rappers Pharrell Willians e Kanye West. “Se no passado, grandes atletas eram os principais pontos de associação das marcas de tênis, hoje são os rappers que estão buscando a identificação e as narrativas com os fãs das marcas”, diz Nunes. Além de West e Pharrell, Pusha T fez um projeto em colaboração com a marca no lançamento da linha EQT.

Felipe Savone, gerente de marketing da Adidas, explica que os reflexos do momento da marca no mercado internacional são sentidos no Brasil. “Vale destacar dois pontos da estratégia que tem sido adotada pelos últimos dois anos para chegarmos a esse resultado. O primeiro é criar e lançar novos produtos com nossas principais tecnologias – como o Ultra Boost e o NMD, modelos de Running e Originals, respectivamente, que contam com solado da tecnologia Boost”, diz Savone ressaltando que a marca está cada vez mais aberta para projetos de cocriação. “Cultivamos o relacionamento com pessoas criativas, originais e com clara identificação com a marca. Elas criam com a gente, dão cara para nossas histórias e amplificam nossas mensagens”, diz Savone.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • adidas

  • calcados

  • kany west

  • nike

  • pharrell willians

  • tenis

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

  • Gustavo Ribeiro

    Sem contar as colabs com a Rita Ora, Desiigner sendo modelo pra algumas coleções, a aproximação com o universo do rap que os modelos do Raf Simons (Stan Smith) trouxeram ao universo do rap por conta da hype… Adidas mudou e muito como marca nos últimos anos, pra melhor.

  • Mary Luz

    Esperando ansiosamente o momento em que a adidas vai liderar o ranking de preferência no setor de tênis casuais.