O texto que Meio & Mensagem nunca vai publicar

Buscar

Opinião

Publicidade

O texto que Meio & Mensagem nunca vai publicar

Caio Andrade, criador da “lista das agências”, fala sobre a repercussão e os desdobramentos da “planilha que balançou o mercado”


26 de agosto de 2016 - 10h49

Me perguntaram se poderia escrever um texto sobre a tal planilha, confesso que enquanto escrevia pensava comigo mesmo: “não vão publicar isso nem fodendo”. Bom, se você está lendo no Medium, é por que não publicaram mesmo; agora se está no Meio & Mensagem, parabéns, de coração, estamos realmente tentando repensar o mercado.

– “Parabéns a sua planilha balançou o mercado”

– “Que sacudida vc deu no mercado publicitário, garoto!”

– “Parabéns pelo projeto das agências!”

Essas foram algumas das mensagens que recebi no post que tentava ajudar o meu amigo Bernardo a encontrar um bom lugar para estagiar.

Olha… de verdade, os parabéns não são para mim, são para você, você que está fazendo isso tudo acontecer, você que escreveu na planilha e transformou uma simples pesquisa em algo que eu nunca imaginaria, você que está mais preocupado em construir um melhor ambiente de trabalho do que em motivar o seu chefe.

Você que é responsável por fazer dono e CEO tremer na base, por fazer as pessoas refletirem sobre como trabalham, lideram e gerenciam suas equipes.

Claro que isso tudo não é uma reflexão fácil, para ninguém – sim, acho que teve gente que perdeu a mão em alguns feedbacks –, mas se não continuarmos, a mudança nunca vai acontecer.

Uma das pessoas que mais admiro, minha professora na faculdade, me mandou o seguinte inbox:

– “Será que no final não vai sobrar mais trevas do que luz nessa discussão?”

Eu não tenho a mínima ideia. Não sou eu quem vai responder a essa pergunta, são vocês.

Essa planilha foi um começo. Agora, quando alguém perguntar: “como é trabalhar aí?”, será que vamos deixar a resposta ser sempre a mesma?

relacionado

Olho na pressão

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

  • Diego Gastón

    Além do trabalho nas agências, a planilha poderia conter como é trabalhar nos veículos de comunicação. O mercado continuaria se chocando.

  • Guilherme Martins Lupin

    Tive que limpar meus olhos com papel higiênico, de tanta merda que li

    • Motherfucker_Ice_Cream

      O cara quase não escreveu, que tanta merda foi essa?

  • Clarissa

    migo, seu projeto foi ótimo mas perdeu a chance de fazer uma puta reflexão aí com esse texto.

    • Juliana Semerano Felicino

      mas ainda acredito mais nas palavras dele do que na da CEO que quer ser motivada…

  • André Martins

    A ideia é realmente boa, mas faltou uma coisa que é rara no mercado: reflexão.

  • user

    O cara ganha voz e fala merda. qual problema de vcs, heim? Hahaha

  • JustJow

    Desculpe, mas sua planilha não vai mudar o mercado.

  • No name

    A ideia da planilha foi interessante e os comentários bem intencionados, mas faltou bom senso de muitos. Se a ideia é contribuir para construir a dica é o site https://www.lovemondays.com.br , a publicação da opinião é anônima, mas antes precisa compartilhar informações para alimentar uma base de dados, por exemplo, faixa de salário.

  • Motherfucker_Ice_Cream

    Quando li o início do texto, confesso que esperava mais dele.
    Achei que o Caio fosse meter o pau nas agências, fosse contestar pra caralho, xingar o Nizan, colocar a culpa no Olivetto, dizer que o Ogilvy já era um grande filho da puta, foto de piroca no final.
    Mas acabou sendo mais um textinho insosso com cara de Meio&Mensagem.

    Aí vim ler os comentários.

    Nego xingando, falando que ele falou um monte de merda, que faltou reflexão.
    Isso sim, me fez pensar.

    Não tem reflexão porque a coisa aconteceu sem querer.
    E nem sei que tanta merda é essa que as pessoas leram, o muleque não escreveu quase nada.

    Entrando no assunto, concordo com ele quando ele diz que não vai mudar nada se a gente não continuar “a luta” (esse já sou eu interpretando texto).

    Mas vou além. Não vai mudar nada. Nunca.

    Não vai porque é todo mundo frouxo, até eu.
    Ninguém mete o dedo na cara de chefe, ninguém tá realmente disposto a se fuder um pouco pra provocar mudança.

    Essa foi só a modinha do momento que dá aquela jogadinha de merda no ventilador do mercado.
    De tempos em tempos aparece uma.

    Não vai mudar nada porque 4 grandes conglomerados de empresas de comunicação mandam no mercado quase inteiro. É muito pouca gente dando as cartas. Se eles tão enchendo o rabicó de grana, pra que vão mudar alguma coisa.

    Gente, parem de sonhar e vão entregar o job.
    É assim que funciona e é assim que vai funcionar.