Após bots, Citroën e BETC/Havas usam realidade aumentada

Buscar

Comunicação

Publicidade

Após bots, Citroën e BETC/Havas usam realidade aumentada

No Messenger, consumidores podem ver detalhes do SUV Citroën C4 Cactus como se estivesse na sua própria garagem, além de personalizar cores

Amanda Schnaider
2 de abril de 2019 - 15h27

SUV Citroën C4 Cactus em realidade aumentada. (Crédito: divulgação)

Após anunciar a primeira comercialização de um automóvel intermediada por meio de um chatbot no Brasil em 2018, agora a Citroën, em homenagem aos seus cem anos de existência, permite que as pessoas possam ver detalhes do mais novo modelo da marca, o SUV Citroën C4 Cactus, em realidade aumentada.

O projeto foi criado pela agência BETC/Havas em parceria com Creative Shop do Facebook e desenvolvido pela empresa de inteligência artificial Smarters junto com a More Than Real, empresa de soluções de realidade aumentada.

A companhia afirma que, para conferir a novidade, é preciso acessar o Messenger da página da Citroën no Facebook, iniciar uma conversa com o assistente virtual Jean, que exibe a opção ‘ver carro na sua garagem’. A partir daí, é possível posicionar o carro no local que preferir e personalizá-lo com diferentes cores. Além disso, o anunciante comenta que o usuário pode pedir para que uma concessionária entre em contato com ele para conclusão de uma possível venda.

Antoine Gaston-Breton, diretor de marketing da Citroën no Brasil, revela que a iniciativa aconteceu após identificarem que a maior parte da jornada de compra de carros acontece pela internet, por meio de buscas por mais informações antes de realizarem a compra. “Nossa intenção é a de complementar esse trajeto, integrando as ferramentas de contato entre concessionária e futuro cliente”, reforça.

Assistente virtual da Citroën auxiliando consumidores (Crédito: Divulgação)

Desde novembro do ano passado, o assistente virtual, também desenvolvido pela BETC/Havas e Smarters, especificamente para o lançamento do modelo no Brasil, já realizou quatro vendas, de acordo com Gaston-Breton. Segundo a companhia, a ferramenta utiliza a inteligência artifical para responder questões relacionadas a design, tecnologia, conforto, segurança, localização de concessionárias e test-drive do C4 Cactus. Além disso, Jean envia respostas personalizadas para cada perfil de usuário e estabelece conversas em linguagem natural, por meio do uso de uma tecnologia de compreensão de textos conhecida como Natural Language Processing (processamento natural de linguagem, em tradução livre).

Gaston-Breton comenta que, por enquanto, o assistente virtual está disponível somente no Brasil, mas que nada os impede de expandir essa iniciativa para outros países com mercado semelhante. Segundo ele, “o consumidor brasileiro é um dos mais conectados e adeptos às novas tecnologias, o que nos faz colocar o espírito inovador que sempre marcou nossa história centenária em ação. Por isso, decidimos apostar em uma maneira diferente e prática para que o consumidor pudesse conhecer melhor e até comprar um carro pelo conforto de seu computador”.

Andrea Siqueira, diretora executiva de criação da BETC/Havas, afirma que tecnologias como AR, AI, VR e voz estão sendo cada vez mais usadas pelas marcas com criatividade aplicada. “Se bem utilizadas, essas tecnologias são fortes instrumentos de engajamento com o consumidor”, reforça. Gaston-Breton concorda com a diretora: “a inteligência artificial tem que ser usada em harmonia com o ser humano para melhorar a vida de todos”.

*Crédito da imagem no topo: slavemotion/iStock

Publicidade

Compartilhe