Avon venderá fragrâncias da Coty

Buscar

Marketing

Publicidade

Avon venderá fragrâncias da Coty

Empresas assinaram carta de intenções para comercialização das linhas assinadas por celebridades e de estilo de vida


20 de fevereiro de 2014 - 12h48

Avon Products, Inc. e Coty, Inc. anunciaram a assinatura de uma carta de intenções na qual a primeira passará a comercializar as linhas de fragrâncias internacionais da Coty no Brasil, por meio de suas 1,5 milhão de revendedoras.

Em comunicado conjunto, as empresas afirmaram que os detalhes do acordo ainda estão sendo finalizados, mas com ele a Avon disponibilizará aos consumidores brasileiros as linhas da Coty assinadas por celebridades e as de estilo de vida, ressaltando que “a impressionante linha de perfumes da Coty tem forte apelo junto ao consumidor (…)”.

Até então, perfumes da Coty eram comercializados no Brasil pela Jequiti, do Grupo Silvio Santos. E recentemente foram divulgadas notícias de que a Avon, depois de L’Oréal e da própria Coty, seria uma das empresas interessadas em adquirir a Jequiti. 

A Jequiti divulgou o seguinte comunicado, assinado por seu presidente, Lásaro do Carmo Jr:

"A assinatura deste acordo só reforça o sucesso da estratégia inovadora da Jequiti. Essa movimentação do setor atesta o nosso pioneirismo. A Jequiti foi a primeira a lançar o conceito de popularização do luxo na área de cosméticos e seguiremos com a proposta de trabalho de sempre estar em sintonia com os desejos dos clientes e à frente do mercado. Destacamos que nossa oferta de produtos continuará diferenciada e será mantida por meio das atuais e novas parcerias". 

 

wraps

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”