Ex-dono da Wizard compra Mundo Verde

Buscar

Marketing

Publicidade

Ex-dono da Wizard compra Mundo Verde

Franquia de produtos naturais e orgânicos com 300 pontos de venda espera faturar R$ 1 bilhão por ano até 2018


12 de agosto de 2014 - 4h43

O empresário Carlos Wizard Martins anunciou nesta terça-feira 12 a aquisição de 100% do Mundo Verde, rede de lojas de produtos naturais e orgânicos, com 300 pontos de venda franqueados no Brasil e dois em Portugal. Os valores do negócio, que ainda precisa ser aprovado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), não foram revelados. Em dezembro do ano passado, Wizard vendeu a rede de ensino de línguas que leva o seu nome para o grupo britânico Pearson.

“Após a venda da Wizard, minha ideia inicial era ficar ao menos um ano em período sabático, mas revi está posição e decidi investir em um novo negócio já neste ano pela identificação que tenho com o conceito do Mundo Verde, que prega um estilo de vida saudável, natural e equilibrado”, disse Martins, em comunicado oficial. O empresário assumirá a presidência do Conselho da empresa, enquanto seu filho Charles Martins será o CEO do Mundo Verde. “Temos um grande know how no setor de franquias e acreditamos, por experiência própria, que este é o caminho para crescer de forma estruturada e rápida”.

Consolidada no Rio de Janeiro, a marca vê oportunidades fortes de crescer em São Paulo, na capital e interior, além de regiões no Centro-Oeste e Sul do País. De todas as lojas, somente uma flagship no Rio é própria. Hoje, o custo médio de instalação de uma nova unidade está entre R$ 280 mil e R$ 330 mil, fora o ponto.

Com faturamento de R$ 320 milhões em 2013, a projeção do Mundo Verde, antes da conclusão da venda da empresa, era chegar em 335 unidades até o final do ano. A meta é chegar a 650 lojas, com receita de R$ 1 bilhão, até 2018. Potencial o mercado em que a rede está inserida tem de sobra. Citando dados Euromonitor, Claudia Bittencourt, diretora geral do Grupo Bittencourt, consultoria especialista em varejo, afirma que a alimentação saudável deve superar R$ 40 bilhões em 2014 no Brasil e triplicar o volume movimentado nos próximos dez anos.

Criada em 1987, pelos irmãos Jorge Antunes e Isabel Antunes Joffe, a Mundo Verde foi adquirida pelo fundo de private equity Axxon Group em 2009, quando tinha 126 unidades franqueadas.  

wraps

Publicidade

Compartilhe