Brasileiros preferem marcas globais ou locais?

Buscar
Publicidade

Marketing

Brasileiros preferem marcas globais ou locais?

Estudo da Nielsen sobre origem das marcas examinou o comportamento do consumidor na hora da escolha


16 de junho de 2016 - 8h00

A batalha traçada ao redor do mundo entre as multinacionais e as empresas locais visa ganhar os corações e carrinho dos consumidores. Baseado em respostas de mais de 30.000 entrevistados on-linePrint em 61 países, abrangendo 40 categorias, o Estudo Global da Nielsen sobre Origem das Marcas examinou se os consumidores preferem produtos produzidos por marcas globais, definidos como aqueles que operam em muitos mercados, ou locais, que operam apenas no mercado de origem do entrevistado.

Quando se compara ambas as marcas, os brasileiros preferem as globais quando se aborda o quesito de qualidade e inovação que esses produtos trazem, mesmo considerando que eles sejam mais caros.

Contudo, mais de 60% dos entrevistados concordam que, de alguma forma, ao comprar as marcas de seu mercado, apoiam às empresas locais, beneficiando assim a economia. Por outro lado, poucos acreditam plenamente que as marcas locais estão em sintonia com suas necessidades e gostos. Para os brasileiros, sortimento, preço e benefícios são tão importantes quanto à origem da marca.

Para os bens duráveis, assim como os latinos, os brasileiros preferem as marcas globais, principalmente produtos tecnológicos como computadores e laptops (73%), celulares (73%), televisão (73%) e câmera/equipamentos de vídeo (63%). Eles também buscam marcas de fora para alguns produtos de cuidado pessoal, como shampoo, condicionador e pasta de dente (58%). As marcas locais lideram a mente dos brasileiros quando o assunto é alimentação, com destaque para frutas (64%), vegetais (63%), carne (58%), leite (52%) e água (47%).

Porém, na hora de comprar tanto uma marca global quanto uma local, o consumidor sempre olha primeiro para o preço). Em segundo lugar, o fator decisivo para levar a marca global é a experiência prévia com o produto (41%) e para a local é a promoção (37%).

Compra online

Ainda segundo o estudo da Nielsen, para as marcas globais, os brasileiros buscam mais celulares (67%), computadores e laptops (61%), televisão (49%) e roupa e calçado (39%). Já para as marcas locais, os entrevistados procuram mais pela internet roupa e calçado (41%), comida e bebida (40%), produtos de cuidado pessoal/beleza (30%) e de limpeza (29%).

Antes de ir na loja física, os brasileiros preferem comprar de forma on-line marcas globais ou locais pelo melhor preço (66%), conveniência (60%), disponibilidade do produto (32%), melhor sortimento (27%) e qualidade (22%).

Publicidade

Compartilhe

Veja também