Marvel e Coca-Cola renovam parceria histórica de cobranding

Buscar

Marketing

Publicidade

Marvel e Coca-Cola renovam parceria histórica de cobranding

Promoção com personagens de Vingadores em latas resgatam parceria de 2016 que fez sucesso no Super Bowl

Luiz Gustavo Pacete
1 de abril de 2019 - 6h00

 

Frame do vídeo emblemático de Homem Formiga veiculado no Super Bowl de 2016 (Crédito: Reprodução)

A Coca-Cola estreou, no fim da semana passada, uma edição limitada com doze personagens da franquia Vingadores, da Marvel em suas embalagens de Coca-Cola Sem Açúcar. Até maio, os consumidores da marca poderão encontrar latas com imagens de Homem de Ferro, Capitão América, Hulk, Thor, Viúva Negra, Gavião Arqueiro, Máquina de Combate, Homem-Formiga, Capitã Marvel, Nebulosa, Rocky e Thanos.

“A parceria com Marvel tem um poder gigante e reforça a conexão de Coca-Cola com a cultura pop, que faz parte da história da marca desde a sua construção ”, diz Poliana Sousa, diretora de marketing da Coca-Cola Brasil. O cobranding vale para 56 países e marca o lançamento do filme “Vingadores Ultimato”, previsto para 25 de abril. O trabalho em conjunto das duas marcas ocorre há anos e marca um case histórico de cobranding.

Um dos casos mais emblemáticos envolvendo Coca-Cola e Marvel remete ao Super Bowl de 2016 quando as marcas lançaram o “Mini Coca-Cola, uma maravilha”. O comercial mostrava a saga do Homem Formiga para promover a Mini Coca-Cola. O comercial foi criado pela Wieden & Kennedy Portland, a primeira contribuição da agência para a nova campanha global da empresa chamada “Taste the Feeling”, que substituiu “Open Happiness”.

A edição especial de latas com os personagens da Marvel fica disponível até maio (Crédito: Divulgação)

A Coca-Cola brincou com o anúncio enviando um pacote para os membros da mídia que incluía latas da Coca-Cola com imagens de personagens da Marvel, como o Hulk, o Homem-Formiga, a Viúva Negra e o Capitão América. Em abril do ano passado, para promover “Vingadores: Guerra Infinita”, filme que marcou os dez anos do universo cinematográfico Marvel, o estúdio investiu mais de US$ 150 milhões, seu maior aporte de marketing até então. Na ocasião, marcas como Coca-Cola, Infiniti, American Airlines, Duracell, Unilever, Quaker, Chevron e Samsung foram parceiras do projeto.

Segundo o Deadline, somente a parceria com a Coca-Cola rende cerca de US$ 40 milhões. “Alguns desses parceiros são novos para a família e alguns são amigos do estúdio há anos”, disse Mindy Hamilton, vice-presidente sênior de marketing e parcerias da SVP da Marvel. Ao Meio & Mensagem, Poliana Sousa explica que a Marvel é extremamente relevante para a cultura pop e, consequentemente, para o público jovem. “Incluir nossa marca no ramo de entretenimento e estar participando desse momento especial para os fãs de Vingadores é muito significativo para nós”, explica.

 

Hulk foi outro personagem da Marvel que já foi garoto-propaganda de Coca-Cola (Crédito: Reprodução)

Além das embalagens, por meio de um aplicativo Coca-Cola, os fãs de Marvel poderão escanear as latas de edição limitada de 310 e 350ml para terem acesso a quatro diferentes experiências em realidade aumentada. Além das embalagens decoradas, haverá, em diversos pontos de venda de quase todo o país, promoções com sete copos colecionáveis durante os meses de abril e maio.

 

*Crédito da imagem ao topo: Divulgação Coca-Cola Brasil

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Coca-Cola

  • Marvel

  • cinema

  • entretenimento

  • Vingadores

  • Marketing

  • Licenciamento

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”