iPlace propõe troca de Androids por iPhones

Buscar

Marketing

Publicidade

iPlace propõe troca de Androids por iPhones

Até 30 de junho, aparelhos do sistema operacional concorrente poderão ser aceitos como desconto na entrada de vários modelos de smartphones da Apple

Roseani Rocha
4 de junho de 2019 - 6h00

Matheus Mundstock: mídia digital e nos shoppings para divulgar a ação (Crédito: Divulgação)

As ações do varejo para movimentar as vendas de celulares seguem agitadas. Recentemente, o Magazine Luiza deu início ao que chamou da maior ação de troca de celulares já feita no País. Quem levar seu aparelho antigo para trocar por determinados modelos novos ganha desconto; a meta é superar um milhão de aparelhos vendidos e fazer os consumidores darem um upgrade em seus smartphones.

Agora, quem está movimentando a categoria é a rede iPlace, que vende produtos da Apple. Neste caso, o que chama atenção é que a rede está aceitando aparelhos que usam o sistema Android (leia-se Samsung e várias outras marcas mais populares que a gigante sul-coreana). Os aparelhos com outros sistemas operacionais serão aceitos como entrada ou parte da entrada para a compra de iPhones novos até o dia 30 de junho nas 139 lojas iPlace distribuídas pelo Brasil.

Um consultor avalia cada aparelho na hora e, caso o cliente aceite migrar para a Apple, ele já ajuda a fazer a transferência de fotos, vídeos, contatos, músicas etc.  A ação é válida para troca pelos modelos iPhone XS Max, iPhone XS, iPhone XR, iPhone 8 Plus, iPhone 8, iPhone 7 Plus, iPhone 7 e iPhone 6S. Não há restrição em relação aos Androids que podem ser trocados, mas, obviamente, quanto mais avançados os aparelhos, melhor o desconto concedido na troca.

“Essa é a segunda vez que entramos com uma campanha para trocas de smartphones de outros sistemas operacionais. A primeira vez foi em 2018 e, devido ao sucesso, repetimos a campanha, incluindo o diferencial do Carnê iPlace. O cliente utiliza o aparelho usado como entrada e ainda pode parcelar em até 36 vezes seu novo iPhone”, afirma Matheus Mundstock, diretor da iPlace.

Segundo o executivo da rede, a iniciativa tem sido divulgada exclusivamente em mídia digital e nos shoppings onde há lojas iPlace. O conteúdo da comunicação busca desmistificar os principais mitos que as pessoas têm com o iPhone, além de divulgar o próprio bônus para a troca.

Ao contrário do Magazine Luiza, a iPlace não divulga sua meta de “conversão” de Androids em iOS.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Matheus Mundstock

  • Apple

  • iPlace

  • Phone XS Max

  • iPhone XS

  • iPhone XR

  • iPhone 8 Plus

  • iPhone 8

  • iPhone 7 Plus

  • iPhone 6S

  • iPhone 7

  • varejo

  • smartphone