Claro e BBL criam plataforma de games e serviços sob demanda

Buscar

Marketing

Publicidade

Claro e BBL criam plataforma de games e serviços sob demanda

Solução reúne pacotes de conectividade, oferta de jogos, atendimento especializado, benefícios e consultoria a jogadores

Luiz Gustavo Pacete
14 de agosto de 2019 - 16h00

 

Além da oferta de serviços a plataforma possui atendimento especializado e consultoria (Crédito: Reprodução)

A Claro lançou nesta quarta-feira, 14, a Claro Gaming, plataforma que reúne serviços de conectividade fixa e móvel além de atendimento especializado e experiência para jogadores e fãs de e-sports e oferta de games. O projeto foi desenvolvido em parceria com a BBL, holding especializada em games,  e conta com marcas como ESL, PUBG, GamersClub, Ubisoft, Razer, No Ping, Nuuvem, e Fallen Store e os jogos Fortnite, Rainbow Six Siege e Counter Strike CS:GO.

De acordo com a empresa, a iniciativa responde a uma demanda dos jogadores que está relacionada à otimização da resposta entre a máquina e o servidor. Um diferencial técnico para players profissionais. O serviço aina inclui atendimento especializado e a consultoria de especialistas com vivência no universo gamer.

A plataforma também oferece pacote de benefícios que inclui descontos para compra de equipamentos e itens relacionados ao universo de games, sorteios de viagens para os principais eventos de e-sports do mundo e acesso a pré-venda de eventos no Brasil.

 

Acesso a jogos e formatos de contratação de games estão disponíveis na plataforma (Crédito: Reprodução)

“O Claro Gaming nasce como uma plataforma, concebida para continuar evoluindo permanentemente. Vamos agregar novos parceiros, novas tecnologias e novos serviços, buscando oferecer o próximo novo para esse público exigente e conectado, que só cresce no mundo todo”, comenta Márcio Carvalho, diretor de marketing da Claro.

A plataforma está disponível pelo site clarogaming.gg e acessível para quem já é cliente Claro por meio do acesso ao Claro ID. “A Claro inova ao criar um ambiente feito por gamers e para gamers, reunindo quem joga profissionalmente ou apenas para se divertir. Todos em busca de um objetivo comum: a melhor experiência no universo gamer”, complementa Léo De Biase, da BBL.

Customização e personalização

Com o crescimento do mercado de games e e-sports, marcas vêm desenvolvendo produtos e serviços customizados e orientados a esse público. De acordo com a consultoria NewZoo, a receita global prevista para essa indústria é de US$ 180 bilhões até 2021. Atualmente, a estimativa é que existam 2,3 bilhões de gamers no mundo que chegam a gastar até US$ 13 bilhões em jogos, produtos licenciados e outras experiências relacionadas.

Nesta semana, outra notícia envolvendo essa indústria ilustra o interesse de grandes players no segmento, sobretudo no Brasil. A Mixer, plataforma de streaming da Microsoft, concorrente da Twitch e YouTube Gaming, passou a ter sua primeira parceria no Brasil com a empresa Team One eSports. A Mixer possui aproximadamente 70 mil usuários contra os 1,5 milhões da Twitch.  No total, a plataforma contará com quase 40 canais individuais que estarão integrados à OneTV.

 

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • internet

  • games

  • telefonia

  • claro

  • bbl

  • e-sports

  • Conectividade

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”