Projeto celebra 30 anos da Sociedade Viva Cazuza

Buscar

Marketing

Publicidade

Projeto celebra 30 anos da Sociedade Viva Cazuza

Iniciativa multiplataforma contará com um álbum de músicas inéditas, shows-tributos com diversos artistas nacionais, livro, podcast e documentário sobre a vida de Cazuza

Amanda Schnaider
12 de março de 2020 - 6h00

Fabiana Bruno, Lucinha Araújo e Rogério Flausino, idealizadores da iniciativa (Crédito: divulgação)

Para homenagear o legado de Cazuza e celebrar os 30 anos da “Sociedade Viva Cazuza”, instituição que apoia pessoas com HIV, fundada pelos pais do cantor, João e Maria Lúcia Araújo, mais conhecida como Lucinha Araújo, o cantor Rogério Flausino se uniu à agência Suba e à própria Lucinha para lançar o projeto “Protegi teu nome por amor”, nome que remete a um trecho de Codinome Beija-Flor, canção escrita por Cazuza.

A iniciativa conta com diversas ações que serão realizadas durante 2020. Para o primeiro semestre do ano, está previsto o lançamento de um álbum com canções inéditas, com participação de artistas como Adriana Calcanhoto, Caetano Veloso, Ney Matogrosso, Baby do Brasil, Jota Quest, Seu Jorge, Bebel Gilberto, Silva, Alcione, Xande de Pilares, Carlinhos Brown, Leoni, Rogério Flausino e Wilson Sideral. O álbum será feito a partir dos poemas do livro Preciso dizer que te amo, lançado em 2001.

A ideia central do projeto nasceu de Flausino, que desde 2016 já fazia uma turnê em homenagem ao Cazuza, ao lado de seu irmão Wilson Sideral. “Precisamos divulgar o disco, precisamos espalhar essa notícia para o mundo e isso se faz dessa forma, com uma série de ações”, comenta o cantor.

Essas ações citadas por Flausino vão além do lançamento do disco, elas incluem um show-tributo gratuito, ainda sem data, que será realizado na praia de Ipanema, próximo ao Arpoador, no Rio de Janeiro; uma série de podcasts intitulada Faz parte do meu show, no qual Flausino entrevistará pessoas que fizeram parte da história do cantor e poeta; e um documentário sobre a trajetória de Cazuza. Por fim, haverá o reatualização do livro-coletânea de letras e poemas de Cazuza Preciso dizer que te amo, com fotos e textos inéditos.

Felipe Andreoli, Marco Luque e Fabio Brazza marcaram presenta no evento (Crédito: divulgação)

Patrocinadores

Em evento realizado na terça-feira, 10, na sede da Suba, em São Paulo, os idealizadores do projeto apresentaram o projeto ao mercado. Segundo Fabiana Bruno, CEO da Suba, a iniciativa não terá cotas de patrocinadores, mas uma construção junto com cada marca. “Não é um projeto de seis mãos, é um projeto onde vamos construir com todo mundo que quiser fazer parte dele. Vamos levantar os valores de custo do projeto e vamos sentar com os anunciantes para entender o que combina e o que adere as marcas que eles representam”, completa. “É cultura, é poesia, é música, até mesmo a diversidade, é a gente poder usar essa obra do Cazuza para discutir esses temas”, complementa Flausino.

Durante o evento, Fabiana revelou que toda a renda arrecadada pelas diferentes ações que fazem parte do projeto serão revertidas à instituição Sociedade Viva Cazuza, que atualmente apoia mensalmente cerca de 200 pessoas que convivem com HIV. “Vamos construir com a Lucinha a diferença para aquilo que a instituição já têm hoje”, finaliza a CEO.

**Crédito da imagem no topo: Divulgação/Suba

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Adriana Calcanhoto

  • Ney Matogrosso

  • Bebel Gilberto

  • Alcione

  • Xande de Pilares

  • Leoni

  • Wilson Sideral

  • Maria Lúcia Araújo

  • Baby do Brasil

  • Carlinhos Brown

  • jota quest

  • silva

  • Seu Jorge

  • Fabiana Bruno

  • Rogério Flausino

  • Cazuza

  • Caetano Veloso

  • Suba

  • Sociedade Viva Cazuza

  • podcast

  • show

  • marcas

  • Projeto

  • livro

  • patrocinadores

  • HIV

  • arrecadação