Em filmes, montadoras pedem que clientes fiquem em casa

Buscar

Marketing

Publicidade

Em filmes, montadoras pedem que clientes fiquem em casa

Chevrolet, Mitsubishi e Nissan apostam no discurso do distanciamento social como prevenção ao novo coronavírus


26 de março de 2020 - 9h51

As montadoras Chevrolet e Mitsubishi, no Brasil, e Nissan do Oriente Médio divulgaram filmes em que pedem aos seus consumidores que não saiam de casa em meio à pandemia da Covid-19. Nas campanhas, estradas e ruas vazias indicam aos motoristas que agora é o momento de distanciamento social.

Criada pela WMcCann, a marca da General Motors reverte seu bordão “Encontre novos caminhos” pedindo para que as pessoas “não usem seus Chevrolets”. O anunciante aproveita, ainda, para reforçar os canais digitais de atendimento da marca, como o OnStar e as plataformas de call center.

Confira o filme:

A Mitsubishi, por sua vez, aponta que é necessário que o bom motorista saiba a hora de desacelerar. Criada pela Ampfy, a campanha divulga ainda que “a estrada pode esperar”. Apesar de manter o mesmo sentido de distanciamento social, a montadora ainda assim divulga seus modelos nas estradas.

Confira o filme:

Já a Nissan Oriente Médio contou com o apoio da TBWA/RAAD Dubai para divulgar a mensagem “Fiquem em casa. Fiquem seguros”, aos seus clientes. No filme, a montadora mostra rodovias que cruzam desertos sendo tomadas pela areia devido ao pouco uso.

Veja:

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • WMcCann

  • chevrolet

  • Ampfy

  • MitsubishiMotors

  • nissan

  • TBWA/RAAD

  • Campanhas

  • montadoras

  • covid-19

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”