Petlove investe em integração com petshops de bairro

Buscar

Marketing

Publicidade

Petlove investe em integração com petshops de bairro

Plataforma vai firmar parceria com players locais para agilizar entregas e gerar valor regional

Taís Farias
16 de julho de 2020 - 6h00

Objetivo da ação é aumentar a velocidade dos atendimentos da Petlove, oferecer um canal físico e gerar valor para players regionais (Crédito: Divulgação)

No ano em que comemora 21 anos, o petshop online Petlove está ampliando sua operação com um projeto que leva a marca também para o meio físico. A proposta da empresa é integrar os pedidos feitos na plataforma com o estoque de petshops locais. “A decisão vai ao encontro do nosso projeto de montar a maior plataforma tecnológica do mercado pet”, afirma Marcio Waldman, fundador e CEO da Petlove.

Piloto do projeto está sendo feito em Belo Horizonte (Crédito: Divulgação)

O consumidor poderá retirar o produto direto no petshop ou receber em casa. O objetivo da ação é aumentar a velocidade dos atendimentos da Petlove, oferecer um canal físico e gerar valor para players regionais. Belo Horizonte será a primeira cidade a receber o projeto. O prazo de envio dos pedidos foi reduzido de quatro para um dia.

Além de levar a iniciativa para outras cidades, nas próximas fases, a companhia pretende enviar para os petshops parceiros serviços a serem prestados como banho, tosa e veterinários. A plataforma também vai embarcar parte de sua tecnologia e inteligência para tornar a operação dos pequenos varejistas mais eficiente.

A proposta de integração com os negócios locais surgiu após um projeto de apoio à digitalização. No final de março, a Petlove em parceria com a VetSmart investiu R$ 500 mil em uma iniciativa que permitia que clínicas veterinárias e petshops de bairro vendessem seus produtos por meio do e-commerce. Os interessados puderam criar e personalizar um site de vendas integrado à plataforma do petshop online. Desde o início de abril, mais de 2.000 estabelecimentos aderiram ao projeto.

A partir desse movimento, a companhia identificou parceiros qualificados para o projeto de expansão. A Petlove teve um aumento de 30% no volume de vendas durante o isolamento social. “Sentimos mudanças no comportamento no sentido de aumentar a migração do offline para o online, fato que já vínhamos observando há alguns anos. Porém, na pandemia esse processo se acelerou”, analisa Marcio.

*Crédito da foto no topo: Alona Savchuk/ iStock

Publicidade

Compartilhe