Gol entra nos e-sports em parceria com AfroGames

Buscar

Marketing

Publicidade

Gol entra nos e-sports em parceria com AfroGames

Companhia área proverá sala de treinamento exclusiva do AFG Esports, primeiro time de League of Legends formado em uma favela

Luiz Gustavo Pacete
11 de novembro de 2020 - 6h00

O projeto AfroGames, criado pelo Grupo Cultural AfroReggae e Ricardo Chantilly, empresário do mercado de entretenimento, anuncia nesta quarta-feira, 11parceria com a Gol Linhas Aéreas, que apoia a sala de treinamento do AFG Esports, o primeiro time de League of Legends formado em uma favela.

“Empatia é um dos pilares que conduzem os passos da Gol e suas ações. Por meio do Instituto Gol, braço gestor de inclusão social e desenvolvimento socioeconômico da companhia, temos a felicidade de apoiar o projeto AfroGames, que dá oportunidade a diversos jovens de se desenvolverem em um esporte que está crescendo ano a ano. É um orgulho para a empresa agora fazer parte da história do time AFG Esports”, diz Loraine Ricino, diretora de Marketing, Comunicação Externa, Canais Digitais e Sustentabilidade da Gol.

O time AFG e-sports é formado por Daniel, Ronald, Yuri, Thiago, Gabriela e João, alunos da primeira edição do projeto que se destacaram ao longo da primeira temporada. Eles terão à disposição infraestrutura para treinamento e desenvolvimento como pro player com uma sala exclusiva dentro do Centro Cultural Waly Salomão e uma bolsa atleta de um salário-mínimo, para que eles possam se dedicar exclusivamente aos treinos.

O Centro de Treinamento do AfroGames é o primeiro especializado em e-sports dentro de uma favela. Fica na Zona Norte do Rio de Janeiro e disponibilizou no ano passado 100 vagas aos jovens da comunidade, com aulas de League of Legends, programação de computadores, produção de trilha sonora focada em games e inglês.

Além da Gol, o AfroGames possui patrocínio da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude do Rio de Janeiro, da Fusion Energy Drink e da Hyper X.

Publicidade

Compartilhe