C6 Bank estreia nos esports com KOEL

Buscar

Marketing

Publicidade

C6 Bank estreia nos esports com KOEL

Fintech é a mais nova marca do segmento a investir na modalidade como apoiadora máster da liga brasileira de futebol virtual

Amanda Schnaider
18 de março de 2021 - 6h21

O mercado global de eSports está cada vez maior, devendo ultrapassar a marca de US$ 1 bilhão pela primeira vez em 2021, segundo dados da consultoria Newzoo. Logo, cada vez mais empresas estão de olho nesse segmento. Nos últimos anos, empresas do mercado financeiro como Banco do Brasil, BS2, Digio, Mastercard, PicPay, Santander e Trigg tem investido nesse universo. Agora, é a vez do C6 Bank, como novo patrocinador da Kick-Off Electronic League (KOEL), liga brasileira de futebol virtual.

 

Marca do C6 Bank ficará exposta em diversos formatos de conteúdo do campeonato (crédito: divulgação)

A edição de 2021 do torneio começa na próxima segunda-feira, 22, e vai até 31 de julho. Nesse período, como patrocinador máster do evento, junto com a Mastercard, o C6 Bank terá sua marca exposta nas transmissões das partidas, mesas redondas e reportagens oficiais, num reality show e numa série especial que será exibida pela Amazon Prime mostrando os bastidores do campeonato.

Alexandra Pain,  head de marketing do C6 Bank, comenta que a estreia do banco no universo dos games é mais uma oportunidade de aproximação com o público digital e super conectado. “A indústria no Brasil ainda está começando e queremos crescer com eles. Enxergamos a possibilidade de nos aproximarmos de um público jovem, digital e super conectado. Queremos fazer parte desse universo e, futuramente, até desenvolver produtos para esse mercado”, reforça. “Nossa percepção é de que essa modalidade em breve vai competir com os esportes tradicionais em espaços de publicidade, patrocínios e merchandising”.

Para Felipe Carvalho, CEO da 7WPlay, agência responsável pela realização da KOEL, a chegada de um parceiro como o C6 Bank é a prova do potencial dos esportes virtuais para grandes marcas.  “Esse reconhecimento permite um crescimento do cenário no Brasil, fortalece os times e também potencializa o surgimento de novos jogadores”, ressalta.

A competição

A KOEL reúne clubes de esportes eletrônicos como Black Dragons, INTZ, Team Bundled e Lima Esports, e nomes como Paulo Neto, PHZIN e Pedro Resende. Em 2021, será a primeira vez que o futebol virtual brasileiro terá um calendário fixo de competição. Ao todo, 16 equipes, com representantes de times do Brasil e do mundo, disputam os R$ 75 mil distribuídos como premiação. A fase final, batizada de KOEL Finals C6 Bank, terá evento de transmissão, seguindo protocolos de saúde, em uma arena de esportes eletrônicos, em São Paulo.

Nesta temporada, o campeonato também contará com uma série na Amazon Prime Video, que mostrará os bastidores do torneio, com o dia a dia dos atletas. Além disso, a KOEL terá um reality show no qual sairá à procura de um novo time de e-futebol. A ideia é dar espaço às organizações que estão surgindo e incentivar a participação delas em grandes campeonatos. O vencedor se junta aos maiores times de futebol virtual do país na KOEL Clubes 2022.

Em 2020, a Black Dragons foi a campeã. Nesta edição, KOEL registrou mais de um milhão de espectadores únicos nas plataformas que detêm os direitos oficiais de transmissão da Liga: Band Sports, Dazn, Twitch e Twitter.

**Crédito da imagem no topo: Soumil Kumar/Pexels

Publicidade

Compartilhe