Alok promove campeonato de Free Fire ao lado de Itaú e Trident

Buscar

Marketing

Publicidade

Alok promove campeonato de Free Fire ao lado de Itaú e Trident

Lançamento da nova edição do GameChanger ocorre um ano após anúncio do projeto, que visa gerar mais inclusão e reconhecimento dentro da comunidade


9 de agosto de 2021 - 18h09

Campeonato nasceu em 2020 e alcançou a marca de 40 milhões de views em sua primeira edição (Crédito: Divulgação)

No ano passado, o DJ Alok anunciou o Alok GameChanger, campeonato de Free Fire criado com o intuito de dar oportunidade e voz a jogadores e talentos desconhecidos do universo gamer. A primeira edição contou com 40 milhões de views e, neste ano, o projeto acontece sob um novo formato e com patrocínio master de Itaú Unibanco e também de Trident. Agora, o campeonato pretende unir marcas a um aspecto mais social e inclusivo dos games com o propósito de realmente transformar a realidade dos players e suas comunidades.

O nicho promissor dos games é um dos atrativos para as marcas. Em 2020, o mercado movimentou US$ 165 bilhões no Brasil, o quarto País que mais consome games no mundo. “Criar o GameChanger foi realmente uma experiência gigante e inesquecível”, comenta Alok. “Tão grande que precisei chamar parceiros para que o campeonato possa crescer cada vez mais e ter um papel ainda mais significativo na vida das pessoas. Pois o game é capaz disso, de mudar vidas”, completa. À época do lançamento, o artista colocou em primeiro lugar como propósito a democratização do mercado. 

Atualmente, o Itaú Unibanco apresentou a plataforma #IssoMudaOGame, com proposta de apoiar o cenário gamer. “Se queremos contribuir para a evolução do cenário gamer no País, precisamos fomentar o entendimento desse ecossistema como um caminho para o desenvolvimento e criação de carreiras – de atletas a desenvolvedores”, explica Robson Harada, head de growth marketing do Itaú Unibanco. “Por isso escolhemos nos aliar a esse projeto que busca a democratização e, direta ou indiretamente, o encarreiramento dos participantes”. 

Para fazer jus ao propósito de inclusão, o campeonato permanece 100% gratuito com mais de 7 mil vagas disponíveis para times mobile – com mil delas destinadas às equipes compostas por mulheres e até mil para indígenas. Ainda, a premiação deste ano chega a um valor de R$ 350 mil – sete vezes mais que o total do ano passado – e deverá ultrapassar a audiência alcançada em 2020. Além disso, o GameChanger terá um campeonato excluviso para a modalidade jogada no computador, que acontece entre 16 de agosto e 18 de setembro. 

As inscrições para participação já estão abertas e vão até a próxima quarta-feira, 11. Os melhores momentos do GameChanger serão comentados por figuras do cenário em lives, com a grande final agendada para 22 de setembro. 

**Crédito da imagem no topo: Ajwad Creative/iStock

Publicidade

Compartilhe