Grupo Doria retoma Robb Report

Buscar
Publicidade

Mídia

Grupo Doria retoma Robb Report

Compra da operação internacional pela Penske Media reforça nova fase da marca no Brasil

Igor Ribeiro
15 de junho de 2018 - 12h48

Crédito: divulgação

O Grupo Doria relançou, nesta terça-feira, 13, a Robb Report no Brasil, em evento realizado na Câmara Portuguesa, na capital paulista. Desta vez, a holding conta com total controle da marca no País, uma vez que já teve sociedade no título em passagens anteriores. Segundo Celia Pompeia, vice-presidente executiva que assumiu a liderança da empresa desde que João Doria Jr. passou a se dedicar integralmente à política, a nova gestão se deve ao investimento da Penske Media na operação global da marca. “Veio ao encontro do que já tínhamos como estratégia, que era a inclusão de título internacional no nosso portfólio”, diz a executiva.

Fundada originalmente em 1968 como uma newsletter dirigida a integrantes de um clube de proprietários de Rolls Royce, a marca evoluiu para a cobertura do mercado de luxo. O criador da marca, Robert “Rusty” White, vendeu a revista em 1983 e, desde então, ela trocou de mãos algumas vezes. No Brasil, sua primeira versão chegou no início de 2010 por meio do grupo mineiro VB Comunicação que, em 2014, vendeu 50% da operação à Doria Editora que, inicialmente, era somente investidora. Em janeiro de 2016 a revista parou de circular. Em meados do ano passado, com um novo sócio, a VB chegou a ressuscitar a marca em uma única edição em julho, acompanhada da realização do Car of the Year, evento pelo qual a marca também é famosa nos Estados Unidos.

Nesse ínterim, a Penske Media – dona de marcas como Variety e Rolling Stone nos EUA – fez uma proposta ao fundo de investimento Rockbridge, que havia adquirido a Robb Report em 2014 por cerca de US$ 60 milhões. As empresas viraram sócias e a Penske fez uma série de reestruturações na marca de conteúdo de luxo, que envolveu a construção de uma área de eventos mais robusta e a reorganização das mais de dez operações internacionais (a revista também está em países como Rússia, China, Cingapura, Espanha, Arábia Saudita e Coreia do Sul). Essa mudança incluiu a busca de um novo parceiro no Brasil, levando a Penske ao Grupo Doria.

“É importante frisar que uma das novidades é que não se trata apenas de um título, mas uma plataforma que contempla a mídia impressa, eventos premium e comunicação digital”

A marca terá uma plataforma digital atualizada diariamente e a versão impressa trimestral, com redação dirigida por Gisele Vitória, ex-editora das revistas IstoÉ Gente e Platinum. Um dos requisitos da Penske era disponibilizar a Robb Report também a assinantes, o que não era especialidade da editora, que costuma distribuir seus títulos a mailing dirigido. Inicialmente, esses contatos receberão a revista. “Mesmo corporativo, é 100% alinhado com o target da Robb Report”, explica Bia Cruz, diretora geral de publicidade, referindo-se ao mailing da Lide, que tem tiragem de 40 mil exemplares, incluindo venda avulsa. “Também farão parte da distribuição as principais salas VIPs de aeroportos e a venda em livrarias e principais bancas das grandes capitais no Brasil.”

Cada lançamento de edição será acompanhado de um respectivo evento, em alinhamento com o que já vem sendo desenvolvido no EUA. “Lá, além do Car of the Year, há novos eventos na área de bem estar, gastronomia etc. Tudo em função do novo conceito da marca”, afirma Bia. “Em 2018, teremos o Robb Report Day, no condomínio Fazenda Boa Vista, Hotel Fasano – local que possui o estilo de viver RR, além de ser um destino exclusivo, para um público altamente qualificado e formador de opinião.”

Questionadas sobre o contexto de mercado para lançar um produto em impresso, numa época em que até mesmo grandes revistas enfrentam grandes desafios para manter operações rentáveis, Célia e Bia apontam que o mercado de luxo começa a demonstrar sinais de recuperação e citam o potencial da marca. “Mas também é importante frisar que uma das novidades é que não se trata apenas de um título, mas uma plataforma que contempla a mídia impressa, eventos premium e comunicação digital”, complementa a diretora de publicidade.

A primeira edição leva o tema “O melhor do Brasil”, o que reflete a postura editorial de equilibrar conteúdo brasileiro com internacional. Segundo Celia, é a primeira vez que o grupo tem controle integral de um licenciamento internacional e, por enquanto, não há planos de novas parcerias. “Vamos estudar o comportamento nos próximos dois anos, em que esperamos a consolidação deste novo modelo de negócio”, diz a vice-presidente.

 

*Crédito da imagem no topo: sorowat_c/iStock

Publicidade

Compartilhe

Veja também