Em ritmo de uma orquestra

Buscar
(kieferpix-iStock)-491933480

Opinião

Publicidade

Em ritmo de uma orquestra

São 1,6 mil pessoas apaixonadas pelo que mais gostam de fazer


12 de julho de 2019 - 17h36

(Crédito: Django/iStock)

Ontem, acordei ansiosa. Afinal de contas, nos aguardava uma visita à Webedia, empresa com foco em determinados segmentos da indústria de entretenimento. Setor que venho me dedicando dia e noite nos últimos anos. Que encanta e me faz querer entender cada vez mais deste mundo totalmente único, em pleno crescimento.

A Webedia é um grupo francês, nascido em 2007, com DNA digital. Hoje, com quase três mil colaboradores, espalhados por 25 escritórios em 15 países. Metade deles está na França (1,6 mil profissionais) e uma outra boa parte (570 profissionais) no Brasil que, em apenas seis anos, já se tornou a segunda maior operação no mundo.

A velocidade com a qual empresa expande sua atuação é impressionante. Fato que se refletiu até na apresentação, exclusiva para os convidados do Grupo de Midia de São Paulo. Foram cinco palestrantes, em exatos 40 minutos, abordando uma grande diversidade de temas, com a precisão de uma orquestra. Entre eles, os segmentos de cinema, games e esportes, lifestyle e turismo, alimentação, saúde e bem-estar, cultura pop e tecnologia.

Na França, a Webedia ocupa a 8ª posição no ranking de audiência no meio digital. Com 31,4 milhões de visitantes mensais únicos, está atrás de gigantes mundiais Google (51,2 milhões), Facebook (46,9 milhões), Microsoft (37,4 milhões), Groupe Figaro (36,1 milhões), Amazon (34,4 milhões), Group TF1 (32,8 milhões) e Altice France (31,8 milhões).

Dos canais que detêm todo esse alcance da Webedia no país, muitos deles já estão no mercado brasileiro. São o Adoro Cinema, IGN, Versus, Purepeople, Hypeness, Pure Break, Reverb, Tudo Gostoso e Minha Vida.

Além da paixão, o modelo de negócio é turbinado pela ciência de dados (SEO, mobile, video, social, audio — Spotify, serviços e conteúdo com interatividade), agilidade e expertise vertical. A Webedia é especialista na construção de comunidades, arregimentando milhões de usuários em torno de um conteúdo cativante e no desenvolvimento de ferramentas para as marcas se engajarem com eles e gerar desejo para seus produtos.

E o grupo ainda está à frente, aqui na França, da empresa TradeLab, com o propósito de, através de influenciadores, atuar em todas as etapas do funil de vendas. Parte de “macro Influenciadores”, a fim de gerar o “endosso” às marcas/ produtos e, na sequência, os “micro Influenciadores” com foco no pilar credibilidade, na fase de consideração. Logo depois, vem os “nano influenciadores”, com o objetivo de recomendação e, por fim, compra do produto e/ou engajamento.

Em nossa imersão no universo Webedia, também tivemos a oportunidade de conhecer dois dos vários prédios da empresa, cada um deles com seis andares. Lá, passamos por vários estúdios e salas, ambientados com referências de segmentos de atividades com grande sucesso junto ao público francês. Na decoração dos espaços, personagens de cinema se misturam aos heróis de games e vídeos temáticos. Um dos edifícios, por exemplo, está praticamente tematizado por uma marca de refrigerante, uma das grandes parceiras da Webedia.

O tempo foi curto, mas, suficiente para observamos o convívio intenso da equipe com a empresa. Impossível não sairmos de lá muito mais do que bem impressionados. Foram inúmeros os aprendizados sobre as diversas possibilidades de parcerias com adequação de conteúdo e assertividade no público que se quer atingir.

As oportunidades são muitas. Basta colocar a mão na massa e trabalhar junto com esta orquestra!

*Crédito da imagem no topo: Kieferpix-iStock

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”