Seis dicas para manter uma operação de excelência

Buscar

Opinião

Publicidade

Seis dicas para manter uma operação de excelência

Nada vai além de atenções que todos devem ter mesmo quando a rotina é normal


18 de maio de 2020 - 15h55

(Crédito: Sorbetto/ iStock)

Os benefícios dos investimentos em digitalização de métodos e sistemas tornaram-se mais evidentes com a crise provocada pela pandemia do coronavírus. Fatores como autonomia dos colaboradores, uso inteligente da tecnologia, definição de metas claras e aproximação com os clientes foram decisivos para que algumas empresas se destacassem nesse cenário, com 100% das equipes trabalhando remotamente.

Para que a organização siga ativa e com produtividade durante esse período, separei algumas dicas que podem fazer a diferença na sua empresa:

1. Metodologia ágil

A adoção de um método ágil de trabalho promove uma hierarquia horizontal e garante mais autonomia às equipes. Quando o trabalho remoto virou realidade para muitos de um dia para outro, essa mudança causou pouco impacto àquelas empresas que já operavam utilizando metodologias ágeis, sem consequências na operação e produtividade.

2. Reuniões virtuais

Manter a proximidade com os colaboradores é imprescindível nesse momento. As videoconferências garantem o contato visual e a manutenção do vínculo entre as pessoas. É importante que todos possam acompanhar os resultados da empresa e, também, entender quais são os planos e estratégias futuros. Existem diversos aplicativos disponíveis que podem ser utilizados para esses encontros digitais.

É importante que a reunião tenha momentos dedicados a perguntas e respostas, para ajudar as equipes com suas principais dores, e que os profissionais de Recursos Humanos deem atenção especial aos recém chegados à companhia.

3. Usar a tecnologia a seu favor

Quanto mais domínio da tecnologia sua empresa tiver, mais ilesa ela vai conseguir passar por este momento. Plataformas de gerenciamento, por exemplo, que organizam demandas internas e externas, auxiliam no controle das solicitações e atividades, e oferecem mais produtividade ao gerir tarefas individuais. Desta forma, os funcionários conseguem se planejar com mais facilidade. O RH ganha agilidade e efetividade na gestão dos colaboradores, como em avaliações de desempenho, planos de desenvolvimento individual, planos de carreira, entre outros aspectos.

4. Definição de OKRs (Objective Key Results)

Os OKRs são, resumidamente, os objetivos da empresa e os meios escolhidos para alcançá-los. Ou seja, é uma definição do caminho que a companhia quer seguir e os pequenos passos que devem ser trilhados para que, juntos, todos possam atingir esse grande objetivo. Como colaboradores e gestores não estão próximos, é necessário que essas metas estejam claras para toda a equipe.

5. Comunicação constante

É verdade que nem todos têm tempo disponível para reuniões diárias. Neste caso, manter a frequência de comunicados pode ser um diferencial. Newsletters, por exemplo, são excelentes meios para cumprir esse papel. Um layout chamativo e informações relevantes garantem que todas as novidades internas cheguem aos colaboradores com facilidade.

6. Reuniões e lives com os clientes

Manter a proximidade com os clientes garante rápida identificação de problemas que possam surgir nesse período e a empresa ganha agilidade para ajudar aqueles que estão com dificuldade em áreas específicas. Uma iniciativa que pode facilitar isso é a criação de lives com temas que sejam interessantes para os seus contratantes. Essa é uma forma de continuar com “eventos” de relacionamento e de se comunicar com o público geral.

Enfim, há diversos cuidados que as empresas devem tomar nesse período. Nada vai além de atenções que todos devem ter mesmo quando a rotina é normal. O que precisamos fazer agora é encontrar maneiras de manter esse cuidado à distância.

**Crédito da imagem no topo: Mrpliskin/Istock

Publicidade

Compartilhe