Privacidade, sustentabilidade e mediação de conflitos no centro do Google I/O

Buscar
Publicidade

Opinião

Privacidade, sustentabilidade e mediação de conflitos no centro do Google I/O

Programação do evento voltou ao modelo presencial em 2022 trazendo conversas aquecidas e necessárias sobre proteção de dados, segurança e privacidade


13 de maio de 2022 - 17h28

Após duas edições virtuais do aguardado Google I/O, evento em que a big tech faz seus principais anúncios para o mercado, fãs e público em geral, a programação voltou ao modelo presencial neste ano trazendo conversas aquecidas e necessárias sobre proteção de dados, segurança e privacidade. Em um cenário de arrefecimento da pandemia, este foi o primeiro evento com público, apesar de ainda com restrições. Não à toa foi dedicado apenas para convidados e funcionários do Google. Tive a oportunidade de acompanhar in-loco a apresentação nesta quarta-feira (11), direto de Montain View, região do Vale do Silício, na Califórnia, sede do Google.

 

Google I/O 2022, conferência anual da empresa, aconteceu durante quarta, 11, e quinta-feira, 12 (Créditos: Divulgação)

O discurso de abertura foi feito, como de costume, pelo CEO Sundar Pichai. Sem deixar de citar a guerra da Ucrânia, ele enfatizou como a companhia tem contribuído para proteger as pessoas, como na adaptação do sistema de avisos de terremotos para os ucranianos quando sob ataque aéreo. Seguindo a linha de sustentabilidade, também revelou que todos os data centers da empresa, até 2030, devem estar livres de emissões de carbono. E que haverá uma opção de caminho, no Google Maps, onde será apresentada a opção com maior economia de combustível, mesmo que mais longa. A mesma funcionalidade será lançada nos comparativos de compras de passagens aéreas. Vamos ver como será a adoção do público, principalmente quando a passagem mais cara for a de menor emissão de carbono.

Não poderia faltar o sempre polêmico assunto de privacidade. Nos dias atuais, os dados dos usuários são cada vez mais relevantes. Já bloqueado há algum tempo no navegador concorrente Safari, os cookies de terceiros (principal meio de identificação dos usuários para fins de publicidade), estão com seus dias contados também no Chrome. O Google, através de uma iniciativa chamada Privacy Sandbox, reuniu grande parte da comunidade interessada para procurar alternativas a fim de evitar um forte impacto no mercado publicitário.

No I/O deste ano, uma destas alternativas foi anunciada. A de que o próprio usuário poderá escolher os assuntos de seu interesse, além das marcas, para ser e deixar de ser impactado ou, até mesmo, ser desligado por completo deste “tracking”. Essa área se chamará “My Ad Center”. Vamos acompanhar como será a recepção dos usuários. Lembrando que a morte dos third party cookies é esperada para 2023.

Sobre segurança, é interessante notar que a empresa caminha a passos largos para um “mundo sem senhas”. Com o uso de técnicas de autenticação, o usuário não precisará mais ter uma senha para se identificar, visto que com seu celular, devidamente reconhecido, o mesmo o fará através de apenas um clique. Dentro da área de privacidade, o Google Wallet foi mais um produto também bastante mencionado. A companhia está trabalhando com o governo para que a carteira de motorista também possa ser adicionada a esta nova carteira digital, por exemplo.

Encerrado o primeiro dia de apresentações, sinto que foram poucas horas, mas muitas novidades. Fico na torcida para que no próximo ano já possamos todos estarmos com carga máxima para um grande evento, como nos anos anteriores. E para quem quer ficar por dentro de outros lançamentos mais técnicos, nesta quinta-feira (12), dando continuidade ao evento, o Google trouxe também palestras no YouTube com assuntos ligados a web performance, Core Web Vitals, novidades no Chrome OS, Flutter, Angular, entre outros.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Fui ao futuro e trago notícias sobre a web3

    Fui ao futuro e trago notícias sobre a web3

    Para que as bases dessa nova era seja igualitária, justa e que ajude a fazer um mundo melhor no futuro, entrem nessa construção

  • Fui ao futuro e trago notícias sobre a web3

    Fui ao futuro e trago notícias sobre a web3