Globo avança na estratégia voltada para podcasts

Buscar

Globo avança na estratégia voltada para podcasts

Buscar
Publicidade

Mídia

Globo avança na estratégia voltada para podcasts

Planos da companhia envolvem presença multiplataforma e investimento em videocasts, com oportunidades comerciais em diversas partes da jornada do ouvinte


13 de dezembro de 2022 - 9h19

Desde o ano passado, a Globo lançou 65 títulos em podcasts nas mais diversas plataformas digitais. “Pico dos Marins”, “Mamilos”, “O Assunto”, “Altamira” são alguns títulos e episódios de podcasts que fazem parte do portfólio da empresa, que se prepara para dar mais um passo nas estratégias do formato.

Eliseu Barreira, head de gestão de portfólio de produtos digitais e canais pagos da Globo (Crédito: Globo/João Cotta)

Com presença multiplataforma e lançamentos de novos títulos, a Globo pretende reforçar a promoção de conteúdos dos podcasts em vídeos curtos no TikTok e em videocast, no YouTube. De acordo com Eliseu Barreira, head de gestão de portfólio de produtos digitais e canais pagos da Globo, a movimentação é uma evolução natural que conversa com a essência da indústria multidistribuição.

“[O podcast] se tornou um formato muito presente em diferentes ambientes. Quando chegamos na virada de 2018 e 2019, o consumidor já entendeu que consumir podcast é onde, quando e como ele quiser, independentemente do lugar e plataforma”, afirma o executivo.

Na última segunda-feira, 12, “O Assunto” começou a ser disponibilizado no canal do g1 no YouTube, bem como o podcast “Rivaldo Confidencial”, no perfil do Globo Esporte (ge) na plataforma. Ainda, entre os destaques de lançamentos do ano que vem, estão a nova temporada do Projeto Humanos e projetos com Emicida, por exemplo. É importante salientar que nem todos os podcasts da Globo ganharão versões em videocast. A decisão será feita de acordo com o perfil de audiência de cada produto.

Os números indicam que o momento é um terreno fértil para as ações. Na comparação de 2022 com o ano passado, o conglomerado de mídia registrou um aumento de 49% no volume total de downloads de podcasts na relação entre 2022 e o ano passado. Ainda, um levantamento da Globo ao lado do Ipec identificou que o Brasil conta com uma legião de 40 milhões de ouvintes.

Ao mesmo tempo, a Globo passa a investir ainda no Globoplay, que integra a estratégia com seu papel de ser o marketplace de conteúdos da marca, bem como consolidar o alto poder de engajamento de conteúdo em áudio dos seus consumidores. Entre as oportunidades que a plataforma de streaming proporciona está a possibilidade de experimentar novos formatos e narrativas, como aconteceu com “O Caso Evandro”, título que nasceu na podosfera e ganhou uma produção no Globoplay.

O início do roll out para 2023 já pôde ser visto com o primeiro mesacast da Globo no entretenimento, com “Ana e a Vegana”, apresentado por Ana Clara Lima e Blogueirinha durante o Rock in Rio. O conteúdo foi veiculado no canal do Humor Multishow. “O podcast é uma plataforma de influência digital. Temos uma série de influenciadores, celebridades e creators que estão construindo sua reputação digital e conteúdo de uma excelente qualidade para todos os consumidores”, diz o executivo.

Oportunidades comerciais dos podcasts da Globo

A estruturação do planejamento integra a proposta comercial da Globo de integrar a publicidade em formatos de vídeo, além de oferecer mais possibilidades de conexão das marcas com uma jornada de consumo de conteúdo cada vez mais diversificada. Valéria Soska, diretora de comercialização da Globo, aponta que o formato é flexível, permitindo tanto entregas de publicidade em modelo inserção tradicional quanto com ações em que as marcas estejam associadas aos conteúdos e talentos de forma orgânica e verdadeira.

“Os projetos comerciais também são adaptáveis para que o áudio seja uma entrega relevante na jornada das campanhas das marcas. Ou seja, os títulos podem estar inseridos em uma entrega integrada com estratégias da TV aberta, por assinatura ou do digital ou ainda serem trabalhados em forma de patrocínio exclusivo”, complementa. Ainda, ela aposta que o portfólio de áudio fez parte do Upfront da Globo para o ano de 2023 e adianta que, no ano que vem, a companhia terá “dezenas de marcas que estarão associadas ao formato”.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Anunciantes e Kantar criam novo player de medição de audiência nos EUA

    Anunciantes e Kantar criam novo player de medição de audiência nos EUA

    Chamada de Aquila, plataforma é fruto de coalização entre Associação dos Anunciantes, Kantar, Meta, Amazon e TikTok

  • Pinterest lança ferramentas de IA para criativos e performance

    Pinterest lança ferramentas de IA para criativos e performance

    Recursos estão sob guarda-chuva do Pinterest Ad Labs, novo programa de inovação da plataforma para marcas selecionadas testarem os protótipos