Estratégias de mídia digital para os Jogos Olímpicos

Buscar
Publicidade

Opinião

Estratégias de mídia digital para os Jogos Olímpicos

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


19 de junho de 2024 - 6h00

Os Jogos Olímpicos de Paris se aproximam, e em eventos com essa magnitude, marcas e anunciantes sempre encontram oportunidades únicas para gerar conversas e interações relevantes com seus consumidores e, claro, impulsionar vendas. Porém, diferentemente do que vimos na Copa do Mundo, que trata de um único esporte e, por isso, têm um público mais concentrado, os Jogos Olímpicos abrangem uma ampla gama de modalidades, mobilizando uma audiência mais diversificada e com interesses distintos, o que torna o planejamento de marketing mais complexo.

Durante os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, mais de 3 bilhões de espectadores em todo o mundo acompanharam o evento, com um aumento de 33% na cobertura televisiva em comparação com os Jogos de 2016, no Rio de Janeiro. Além disso, a transmissão digital superou os 4,4 bilhões de minutos, evidenciando um aumento significativo no consumo de mídia digital​​.

Os patrocínios oficiais oferecem oportunidades expressivas de exposição, atrelando as marcas diretamente ao evento, mas é inegável que a ocasião afeta o comportamento das pessoas e a economia como um todo, fomentando tanto discussões nas redes digitais quanto a venda de produtos específicos. Mas para aproveitar ao máximo as oportunidades geradas no período, é fundamental entender essas variações e usá-las com criatividade na estratégia de marketing.

Campanhas durante os Jogos Olímpicos podem gerar um impacto significativo. Segundo dados da NBCUniversal, campanhas publicitárias durante este evento podem aumentar a lealdade do cliente em 49%, diferenciar a marca em 54% e aumentar a relevância dos anúncios em 39%​​.

Atração, engajamento e conversão: o que você deve considerar

O ponto de partida para o seu planejamento é compreender o comportamento do seu consumidor: quem ele é, em que etapa da jornada de compras está, e qual a mensagem ideal para impactá-lo. A partir daí, é possível traçar estratégias distintas para cada etapa do funil.

Utilizar dados de social listening e CRM para entender o comportamento e o perfil dos consumidores pode ajudar a criar estratégias de campanhas e promoções que realmente conversem com as expectativas de cada grupo. Porém, ferramentas que permitem ajustes contextuais em tempo real, baseados no comportamento de navegação do usuário, são fundamentais para garantir uma conexão ainda mais profunda.

Já no fundo do funil, a estratégia deve se concentrar na conversão dos usuários já engajados. Nesta etapa, para otimizar o ROI é fundamental contar com tecnologias e algoritmos que consigam prever o comportamento do usuário com precisão, a partir de múltiplos pontos de dados, sejam comportamentos de compra passados ou novos insights obtidos em tempo real. Tecnologias de IA como o Deep Learning podem auxiliar em um mapeamento preciso da jornada do consumidor, na identificação do seu potencial de compra e na personalização dos anúncios, aumentando as chances de conversão.

Algumas estratégias para o período:

1. Conteúdo educativo: crie e divulgue conteúdo informativo sobre sua marca, produtos ou serviços para engajar usuários com interesse potencial ou aqueles que visitaram seu site e não converteram. Vídeos costumam funcionar muito bem nessa estratégia.
2. Anúncios baseados em interesse: crie conceito e estratégia de campanha com base nos conhecimentos prévios sobre os consumidores e também nos hot topics do momento, mas utilize dados de navegação em tempo real para personalizar os anúncios com categorias ou produtos específicos que os visitantes possam ter interesse.
3. Lembre-se dos usuários inativos: crie campanhas específicas para reengajar os consumidores que não compram ou não acessam o site há algum tempo. Anúncios com lembretes de produtos adicionados ao carrinho, ou ofertas de tempo limitado ajudam a criar senso de urgência e incentivar conversões.
4. Lembre-se de aspectos sazonais: ao interpretar o perfil do seu consumidor, considere possíveis mudanças de comportamento decorrentes do período atípico dos Jogos Olímpicos. Para isso, acompanhe flutuações e otimize suas campanhas com base em padrões de compra e insights gerados em tempo real.

Os Jogos Olímpicos de Paris 2024 representam uma oportunidade ímpar para marcas e anunciantes estabelecerem conversas relevantes e envolventes com suas audiências. Porém, a capacidade de ajustar rapidamente as campanhas e manter a relevância das mensagens é essencial para o sucesso, independentemente da etapa do funil em que estamos focando.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Como as redes sociais podem contribuir na conversão do e-commerce?

    Como as redes sociais podem contribuir na conversão do e-commerce?

    Levantamento da Nuvemshop aponta maior interferência das redes sociais na venda direta de produtos online no primeiro semestre

  • Pipeline Capital lança concurso para startups de GenAI Commerce

    Pipeline Capital lança concurso para startups de GenAI Commerce

    Iniciativa visa reconhecer IA como elemento acelerador do crescimento das empresas na área de varejo e e-commerce no Brasil