Você tem reservado tempo na sua agenda para construir o seu futuro?

Buscar
Publicidade

Opinião

Você tem reservado tempo na sua agenda para construir o seu futuro?

Construir os nossos futuros (no plural mesmo, porque são muitos!) exige que a gente se permita "quebrar" as próprias rotinas

Preencha o formulário abaixo para enviar uma mensagem:


17 de outubro de 2023 - 6h00

Existe um aspecto da rotina que é ótimo. Ela traz conforto, organização e tranquilidade ao nos dar uma direção sobre o que fazer ao longo dos nossos dias. No entanto, temos o péssimo hábito de cair nela e nos esquecer de dar atenção a coisas novas, como a construção de conexões e conhecimentos inéditos que possam nos preparar para o futuro.

Construir os nossos futuros (no plural mesmo, porque são muitos!) exige que a gente se permita “quebrar” as próprias rotinas ou, de uma maneira bem curiosa, incluir essa quebra no nosso cotidiano. Parece complicado, mas é bem simples: ao criar blocos de atividades no seu dia, talvez seja uma boa ideia reservar um deles para pensar e refletir sobre algo novo.

Sabe onde eu vejo isso florescer de maneira muito interessante? Nas conversas programadas dentro dos comitês do IAB Brasil que por vezes são a faísca para o surgimento de novos comitês. Creators, por exemplo, era um assunto que já vinha sendo discutido nos comitê de métricas e mensuração e também no de diversidade. Debates importantes mostraram que o assunto era grandioso, o que nos levou a criar um comitê específico de Creators Economy, inaugurado no início deste ano. De modo semelhante, a preocupação com a idoneidade de anúncios era recorrente no comitê de métricas. Percebemos que se falava pouco sobre combate à fraude, o que levou à ideia de ter um comitê especial para isso. E foi ótimo: já no 5o ano de existência, o comitê oferece ao mercado uma série de boas práticas para combater anúncios fraudulentos no digital.

Cada um desses comitês começou como um “puxadinho” em conversas já existentes, em momentos que haviam sido reservados para conversas aprofundadas sobre a nossa indústria. Conforme os assuntos novos iam ganhando relevância, se tornaram comitês dedicados a discutir, pensar e planejar as próximas temáticas e tendências para o mercado brasileiro.

E é aqui que entra a tal da rotina: precisamos abrir, dentro dela, espaço para o inédito, para o inusitado, para conversas que ainda não sabemos onde vão dar. Afinal, é ao ler, discutir e se informar sobre os temas de interesse que conseguimos ver florescer novas áreas de estudo.

Acompanho de perto o desenvolvimento desses comitês e percebo que as conexões criadas pelos seus membros são relevantes também para a progressão de carreira deles mesmos. Constatar isso me faz lembrar de uma pesquisa da Columbia Business School que apontava que altas lideranças chegavam a dedicar 30% das suas rotinas para cuidar de novas conexões e novos relacionamentos. Se pararmos para pensar, faz bastante sentido: quem está na ponta da lança precisa trabalhar para manter o hoje, mas também para pavimentar o amanhã.

Na minha visão, acredito que os comitês conseguem prover um pouco desse espaço de “pensar no que está por vir” ao incentivar profissionais relevantes do nosso mercado a ter uma reserva na agenda para que possam construir o futuro – deles e do setor! Talvez não seja 30% das suas rotinas, claro (é difícil se dar ao luxo de fazer isso com tantas coisas a fazer!), mas pode ser tempo suficiente para poder ler, discutir e refletir para realizar melhor dali por diante.

Sei que é um enorme desafio conseguir esse espaço para refletir no longo prazo, ainda mais quando temos tantas atividades de curto prazo para dar conta. Mas como é que a gente se prepara para o amanhã se todas as nossas horas forem dedicadas a assuntos e pendências do agora, não é mesmo?

Mais do que ouvir futuristas em todo primeiro trimestre apontando o que o futuro nos traz, é importante estar atento aos sinais que surgem ao longo do ano todo. Dá para fazer isso de várias formas: participando de comitês, de grupos de trabalho, de grupos de estudo acadêmicos ou até com um tempo separado na agenda só pra se manter atualizado e em conexão com os desafios do mercado.

Só não vale deixar a rotina atropelar, porque o futuro não vai te esperar.

Publicidade

Compartilhe

Veja também

  • Flashtalking chega como opção independente para adserver

    Flashtalking chega como opção independente para adserver

    Empresa será administrada pela Adsmovil na América Latina e substituirá os servidores dos anunciantes após a Amazon desistir do negócio de adserver

  • Estudo mostra marcas mais usadas por criminosos digitais

    Estudo mostra marcas mais usadas por criminosos digitais

    Dentre as 30 marcas, as três mais usadas para fraudes são Microsoft, DocuSign e Amazon