Com camiseta, AfroReggae convida sociedade a repensar abordagens racistas

Buscar

Com camiseta, AfroReggae convida sociedade a repensar abordagens racistas

Buscar
Publicidade

Comunicação

Com camiseta, AfroReggae convida sociedade a repensar abordagens racistas

Em um trabalho desenvolvimento junto a Artplan, peça é usada como forma de mostrar a identidade das pessoas de forma digna


13 de junho de 2024 - 8h00

(Crédito: Reprodução)

Com a proposta de oferecer uma mensagem direta contra o preconceito estrutural presente na sociedade, o AfroReggae cria o movimento Estampa do Respeito.

A estratégia, que foi criada pela Artplan, é materializada em uma camiseta, que possui, na frente, as palavras “Trabalhador” ou “Trabalhadora”.

Do lado de dentro da peça, contudo, existe impresso um documento de identidade, que a pessoa pode levantar e mostrar.
O objetivo é fazer uma analogia com o fato de pessoas negras são, geralmente, 4,5 vezes mais abordadas pela polícia do que pessoas brancas, de acordo com dados do Instituto Defesa do Direito de Defesa.

O filme da campanha, inclusive, destaca cenas de abordagens discriminatórias, exibindo o rosto de pessoas que revelam a camiseta, como forma de pedir respeito a sua identidade.

O projeto conta com apoio da marca Pipe Content House, especializada na confecção de estampas, e da Brother do Brasil, marca do mercado de impressão.

Para a divulgação, a agência e o AfroReggae contam com o apoio de artistas como Negra Li, Sara Mara e Vitin, que aparecem nas redes sociais fazendo uso da camiseta.

Publicidade

Compartilhe

Veja também