Zenith conquista conta global de mídia do TikTok

Buscar

Comunicação

Publicidade

Zenith conquista conta global de mídia do TikTok

Conta pertencia à PHD do Omnicom Media Group desde agosto de 2019


19 de agosto de 2020 - 17h32

Segundo estimativas da Comvergence, o TikTok gastou US $ 8,5 milhões em mídia nos Estados Unidos em 2019 (Crédito: Anatoliy Sizov/istock)

*Por Lindsay Rittenhouse, do Ad Age

Um porta-voz do TikTok confirmou ao Ad Age que o aplicativo de compartilhamento de vídeo nomeou Zenith, da Publicis Media, como sua nova agência de compra de mídia global.

Desde agosto do ano passado a conta pertencia à PHD do Omnicom Media Group. A Mediapost, que primeiro relatou a mudança de conta, escreveu que a PHD só ganhou um contrato de um ano com o TikTok no ano passado, o que é incomum, pois os contratos de agência normalmente são acordos de vários anos.

Uma pessoa próxima ao assunto contou ao Ad Age que a PHD competia para defender o negócio. As principais obrigações de compra global foram atribuídas à Zenith após um discurso competitivo que envolveu “várias holdings”, de acordo com esse informante.

O porta-voz do TikTok se recusou a comentar mais sobre sua nova parceria com a Zenith ou sobre sua separação com a PHD. Um porta-voz da Publicis Media não retornou os pedidos de comentários e um porta-voz do Omnicom Media Group se recusou a comentar.

A PHD liderava a compra e o planejamento do TikTok em todos os seus canais em todo o mundo em agosto de 2019. A única exceção foi o mercado de Londres, no qual a agência irmã da PHD, Hearts & Science, era responsável pela mídia na época. Não está claro se a Hearts & Science ainda atende a esse mercado.

A  PHD ganhou a atribuição apesar de ter um potencial conflito de cliente com o Google, cujo a agência também tem a conta de mídia. O YouTube do Google é um grande rival do TikTok.

A mudança da agência de mídia para a Zenith ocorre em um momento em que a proprietária do TikTok, ByteDance, negocia um possível acordo com a Microsoft para vender a parte dos EUA de seus negócios para apaziguar o governo dos EUA após as alegações do presidente Donald Trump de que o aplicativo é uma ameaça à segurança nacional. O negócio representaria mais uma ameaça competitiva para o cliente da PHD, o Google.

Antes da nomeação da PHD, TikTok trabalhou com o Interpublic Group of Cos’. O TikTok parece ter oscilado entre as agências parceiras nos últimos anos.

A empresa já trabalhou com agências de criação como RPA, Channel, Sid Lee e Adam & EveNYC. Em dezembro do ano passado, o Ad Age relatou que o TikTok encerrou sua parceria com a RPA, apenas seis meses após a contratação da agência independente com sede em Santa Monica, Califórnia.

No momento de sua separação com a RPA, o Ad Age conversou com quatro executivos de criação diferentes que descreveram o TikTok como um cliente excepcionalmente difícil. Os executivos alegaram na época que a empresa vinha exigindo entregas “inatingíveis” com preços baixos e foi rápida em abandonar os projetos no meio do caminho.

O porta-voz da TikTok se recusou a comentar sobre suas parcerias com agências criativas, então não está claro quais delas permanecem em sua lista.

De acordo com estimativas da Comvergence, o TikTok gastou US $ 8,5 milhões em mídia nos Estados Unidos em 2019, sendo US $ 3 milhões off-line e US $ 5,5 milhões em plataformas digitais.

*Tradução: Amanda Schnaider

**Crédito da imagem no topo: Kon Karampelas/Unsplash

Publicidade

Compartilhe