WTorre e AEG discutem relação

Buscar

Marketing

Publicidade

WTorre e AEG discutem relação

Empresa norte-americana cobra R$ 4 milhões da construtora do Allianz Parque

Fernando Murad
2 de fevereiro de 2016 - 9h15

O relacionamento entre WTorre, responsável pela construção do estádio Allianz Parque, do Palmeiras, e a AEG, está em uma fase de ajustes. A empresa norte-americana estava a cargo da gestão e da comercialização do Allianz Parque, mas deixou de negociar as propriedades em junho do ano passado após divergências. As conversas de patrocínio com a Heineken, que motivaram uma notificação extrajudicial da Ambev, por exemplo, estão sendo tocadas pela própria WTorre. A AEG cobra, também extrajudicialmente, R$ 4 milhões por prestação de serviços, dívida que a WTorre não reconhece. Apesar do imbróglio financeiro, as empresas negociam uma reformulação da parceria agora focada apenas na gestão da arena.

Publicidade

Compartilhe

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”