Os dez profissionais de marketing de 2016

Buscar

Marketing

Publicidade

Os dez profissionais de marketing de 2016

Veja a lista elaborada pela redação de Meio & Mensagem com os destaques do ano


22 de dezembro de 2016 - 8h39

Por Bárbara Sacchitiello, Fernando Murad, Roseani Rocha e Teresa Levin

Ao longo do último mês, a equipe de jornalistas do jornal Meio & Mensagem se reuniu para elaborar 10 listas com profissionais e acontecimentos que marcaram os mercados de comunicação, marketing e mídia. Veja, a seguir, em ordem alfabética, os dez profissionais de marketing destacados pela redação.

AdrianaKnackfussCoca-Cola-(FelipeVaranda)(8)

crédito: Felipe Varanda

Adriana Knackfuss
O Brasil foi o primeiro escritório da Coca-Cola no mundo a implantar uma área de real time marketing. A ideia foi concebida por Adriana Knackfuss, atual diretora de marketing integrado e comunicação da companhia, que em 2016 enfrentou o desafio de fazer a marca brilhar no maior evento esportivo do mundo. Capitaneando as ativações, Adriana e seu time conseguiram fazer da operação brasileira o quartel-general das estratégias globais da marca na competição. Antes de entrar na Coca-Cola, passou pela Globo.com, atuando nas áreas de CRM e marketing digital, onde desenvolveu um olhar que procura aliar a tecnologia aos trabalhos de comunicação. Há nove anos, foi convidada a auxiliar na montagem da divisão de marketing e comunicação da Coca-Cola no Brasil, onde galgou diversos patamares até assumir o comando da operação, na sede da empresa, no Rio de Janeiro. Em agosto, Adriana foi uma das seis mulheres homenageadas no Women to Watch. Em dezembro, a Coca-Cola recebeu o troféu de Anunciante do Ano no Caboré.

alexandrebouza

crédito: reprodução

Alexandre Bouza
Formado pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP), onde também fez um MBA em Gestão de Negócios, Alexandre Bouza passou por Unilever e J&J, e teve uma experiência de nove meses como diretor de planejamento da DM9DDB, em 2010. De lá, voltou para o lado do anunciante do balcão, assumindo a direção de marketing e vendas de uma então nova marca do Grupo Boticário, a Quem disse, Berenice?, cujo foco são produtos de maquiagem. O trabalho realizado o alçou, quatro anos e oito meses depois, ao cargo de diretor de marketing da principal bandeira do grupo: O Boticário. Há quase dois anos no posto, Bouza tem o desafio de manter vibrante a comunicação da maior rede de franquias de beleza do mundo, com suas 3,7 mil lojas. Sob seu comando, O Boticário encampou bandeiras, como a defesa da liberdade e diversidade, mantendo firme a postura, mesmo diante de críticas e ameaças de boicotes à marca por parte de setores tradicionalistas da sociedade.

Cecilia Mondino

crédito: divulgação

Cecília Mondino
Na BRF desde maio de 2015, Cecília assumiu em fevereiro deste ano o posto de diretora de marketing da Sadia. A marca começou 2016 com a proposta de estar presente na mídia televisiva nos 366 dias do ano. O esforço começou em janeiro com a divulgação da entrada da marca na categoria de snacks com o salgadinho de salame Salamitos. A comunicação da marca teve outros dois grandes momentos na mídia ao longo do ano: a campanha de presuntos que apresentou um produto da concorrência apelidado de Luiz Augusto e a redução de 30% dos níveis de sódio em mais de 40 produtos de toda a linha, o que representa cerca de 70% do portfólio da marca. Além disso, investiu R$ 50 milhões no lançamento da Linha de Pratos para Cozinhar Sadia & Jamie Oliver. A parceria com o chef inclui, além dos produtos com apelo de saudabilidade, projetos de educação infantil (trabalho em parceria com escolas) e bem-estar animal (com certificação de granjas). Graduada em Economia pela Universidade de São Paulo (USP), trabalhou entre 2001 e 2015 na Danone.

DanielaCachich

crédito: divulgação

Daniela Cachich
Após quase seis anos na Heineken, os dois últimos como vice-presidente de marketing, Daniela Cachich deixou a empresa para assumir a vicepresidência de marketing para a categoria de snacks e salgados da PepsiCo. No novo posto desde novembro, a executiva tem o desafio de liderar também a área de inovação, SAC e consumer insights. Daniela responde ao presidente da operação, João Campos. Os dois trabalharam juntos na Unilever, onde Daniela foi diretora de comunicação e ocupou gerências de marketing e marca para Dove até ir para a Heineken, em 2010. Ao longo da sua trajetória, ajudou a cervejaria a consolidar sua presença no País. A operação brasileira era a 17a em 2010, e foi a quinta, em 2015. Contribuíram para isso os investimentos em projetos como Glass Room e Up On the Top, em conteúdo no ambiente digital e patrocínios ao Rock in Rio, Sónar e Popload. Também participou do lançamento de Desperados, Radler e Amstel. Foi apontada Women to Watch em 2014, e, em 2015, conquistou o Caboré de Profissional de Marketing.

JulianaNunesABA(AN)_16

crédito: Arthur Nobre

Juliana Nunes
Engenheira com uma carreira consolidada na área de relações institucionais, Juliana Nunes, da Brasil Kirin, se tornou a primeira mulher a assumir a presidência da Associação Brasileira de Anunciantes (ABA) desde a fundação da entidade, em 1959. Com mandato válido para o período de 2016 a 2018, Juliana tem como desafio conduzir o avanço da associação em sua missão de transformar o marketing e a comunicação, promover um maior intercâmbio com associações de anunciantes de outros países e fortalecer a atuação na área de advocacy. Tudo isso em meio às negociações entre agências, veículos e anunciantes para a revisão das regras do Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp). Formada em Engenharia de Alimentos pela Escola de Engenharia Mauá, trabalhou durante 20 anos na Unilever em áreas como desenvolvimento de alimentos, logística, assuntos corporativos e sustentabilidade antes de ingressar na Brasil Kirin, em 2013, como vice-presidente de assuntos corporativos, sustentabilidade, RH e compliance.

MárcioParizotto_atual

crédito: divulgação

Marcio Parizotto
Com o jingle “Se Liga Aê” e o slogan “Sou Bra”, a campanha publicitária do Bradesco para os Jogos Olímpicos colou na cabeça dos torcedores, levando a marca do banco a ser uma das mais associadas aos Jogos. Não por acaso, um dos indicados ao Caboré de Anunciante do Ano em 2016 foi justamente o Bradesco. Por trás da estratégia de marketing do banco está Marcio Parizotto, que ocupa uma das diretorias da empresa desde maio de 2014. Nascido em Araçatuba, é formado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (USP), e possui MBA Executivo em Finanças pelo Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper). Também participou do Advanced Management Program (AMP) da Harvard Business School. Iniciou a carreira em 1998, na Fahnestock&Company (atual Oppenheimer), em Nova York, onde permaneceu até janeiro de 1999. Antes de ingressar no Bradesco, atuou em empresas como a American Express, e o Banco Bankpar, incorporado pelo Bradesco em junho de 2014, quando Parizotto ingressou no banco.

VisaRicardoFort(Div)

crédito: divulgação

Ricardo Fort
Ao longo de mais de duas décadas de carreira no mundo do marketing, o executivo acabou se aproximando mais especificamente do marketing esportivo e políticas de patrocínio de grandes marcas a eventos igualmente relevantes. Entre as empresas pelas quais passou estão Unilever, Kellogg, Coca-Cola, Danone e Visa. Nesta última, como vice-presidente sênior global de marca, produto e patrocínios, acompanhou toda a organização do patrocínio à Copa do Mundo de 2014, realizada no Brasil, uma vez que a marca é parceira da Fifa. Em junho deste ano, Ricardo Fort retornou à Coca-Cola, assumindo o cargo de vice-presidente global de patrocínios e eventos, já atuando nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Sediado em Atlanta, nos Estados Unidos, ele é responsável por estratégias, execução e investimentos em propriedades relacionadas a esporte e entretenimento. A primeira passagem do executivo pela gigante de bebidas foi em 1998, no Brasil, quando cuidava da marca Sprite.

RobertoGnypekMcDonalds10-02-14(AN)(6)

crédito: Arthur Nobre

Roberto Gnypek
Um dos indicados ao prêmio Caboré 2016 como Profissional de Marketing, o executivo ajudou o McDonald’s a enfrentar ventos adversos no cenário macro, como o movimento de vida saudável que afasta alguns consumidores das redes de fast-food, e, no contexto brasileiro, a crise econômica. Gnypek participou da criação da linha Signature, que busca levar uma experiência premium ao consumidor, mas numa plataforma ainda acessível de preços, apesar de mais elevada do que a média dos produtos do cardápio. Além disso, promoveu as extensões de linhas que são sucesso da rede como Big Mac e Cheddar McMelt, lançando Grand Big Tasty, Grand Big Mac, Grand Cheddar e Cheddar Bacon. Há mais de três anos na vice-presidência de marketing do McDonald’s Brasil, Gnypek também provocou buzz (principalmente nas redes sociais) ao assumir o contrato de uso da marca Ovomaltine para sua linha de sobremesas, após o término do contrato entre o achocolatado de origem suíça e o Bob’s, que tinha no milk-shake de Ovomaltine um dos seus hits.

samuelrussell

crédito: divulgação

Samuel Russell
Formado em engenharia mecânica e com especialização em negócios na Universidade do Texas, Samuel Russell ingressou na General Motors em 2000 como gerente de marcas para small cars. Passou pelas áreas de vendas, marketing, brand e desenvolvimento de novos negócios até ser promovido, em 2013, à direção de marketing para a América do Sul. Também responsável pelas plataformas OnStar (de conectividade) e Maven (de compartilhamento de carro) na região, foi promovido, em julho, ao posto de diretor de marketing global. Sediado em Detroit, se reporta diretamente ao CMO Tim Mahoney. Com a renovação do portfólio no Brasil, a Chevrolet assumiu a liderança de vendas no varejo em 2013 — posição que mantém até hoje —, diminuiu a diferença para a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) no mercado geral, e colocou vários modelos como os mais vendidos de suas categorias, como S10, Spin, Camaro, Prisma e Onix (que foi o mais vendido do Brasil em 2015, desbancando o Fiat Palio, feito repetido em 2016).

TatianaPonceNivea(AN)_14

crédito: Arthur Nobre

Tatiana Ponce
Com uma carreira construída na área de marketing e trade marketing, Tatiana Ponce começou ter ideias para além dessas frentes na Nivea, onde ingressou em 2011 como diretora de marketing. Suas iniciativas envolvendo lançamentos bem-sucedidos de produtos (da divulgação até a própria concepção, como a linha Protect & Care, de desodorantes, e a de hidratantes Nivea Sentidos) e a criação da plataforma musical Nivea Viva (que a cada ano presta homenagem a uma personalidade ou ritmo da música brasileira, e registrou três milhões de espectadores nos 33 shows já realizados) a alçaram este ano ao cargo de vice-presidente de inovação para toda a região das Américas. Com seu trabalho, que em muitos casos ganhou o mercado internacional, a executiva aumentou a importância do Brasil para a alemã Beiersdorf, controladora da Nivea, da Eucerin (marca que Tatiana também comanda no Brasil) e da La Prairie. Antes da Nivea, Tatiana passou por Grupo Boticário, Reckitt Benckiser, Kolynos e J. Macêdo Alimentos.

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Tatiana Ponce

  • Daniela Cachich

  • Cecilia Mondino

  • Alexandre Bouza

  • Juliana Nunes

  • Ricardo Fort

  • Roberto Gnypek

  • Adriana Knackfuss

  • Samuel Russell

  • Marcio Parizotto

  • PepsiCo

  • Bradesco

  • Heineken

  • ABA

  • Brasil Kirin

  • Coca-Cola

  • McDonalds

  • Sadia

  • O Boticário

  • GM

  • Nivea

  • BRF