Aos cem anos, GE Brasil reforça plataforma de conteúdo

Buscar

Marketing

Publicidade

Aos cem anos, GE Brasil reforça plataforma de conteúdo

Empresa criada por Thomas Edison aposta em conteúdo próprio e branded content como principais canais de comunicação

Salvador Strano
12 de fevereiro de 2019 - 11h10

Crédito: reprodução

Ao completar cem anos de Brasil, a GE investe em inovação como plataforma de marketing consolidada. Entre as ações para a data, a empresa destacará a produção de conteúdo próprio e ações de branded content com grandes veículos nacionais.

A companhia, criada nos EUA em 1890 por Thomas Edison, inventor da lâmpada incandescente, comemora também o primeiro resultado financeiro favorável internacionalmente, após três décadas de crise. Seu novo CEO, Larry Culp, conseguiu apresentar um balanço do quarto trimestre de 2018 considerado positivo pelo mercado. A evolução, segundo analistas, é fruto de uma série de mudanças na companhia que visam a saída de mercados não rentáveis e a consolidação de sua posição em indústrias ascendentes.

O conteúdo de sua comunicação atual reforça a inovação, que faz parte de seu modelo de negócio há mais de cem anos. Segundo Daniela Antunes, diretora de comunicação da GE para a América Latina, o grupo foi o primeiro ator B2B do Brasil a usar redes sociais, em 2012. Também nesse período, a empresa começou suas iniciativas de branded content com em veículos como CBN, Valor Econômico e revista Exame.

Depois, “entendemos que esse modelo poderia evoluir. Para isso, criamos uma plataforma de branded content chamada Caminhos para o Futuro”, afirma Antunes. Esse projeto é realizado em parceria com a Editora Globo em diversos títulos que tratam sobre temas como inovação e negócios.

Já em conteúdo próprio, a empresa produz webséries em seu canal no YouTube, entre outras iniciativas nas demais redes sociais. Para Daniela, o segredo é entender o que o público de cada plataforma busca quando acessa. No Instagram, por exemplo, a procura é maior por curiosidades do dia a dia da empresa. Já no LinkedIn, publica-se opiniões de seus executivos. E como hub de conteúdo, existe ainda um site próprio, o GE Reports Brasil.

De olho no centenário, a GE realizará uma live no YouTube com sua CEO brasileira, Viveka Kaitila, no início de abril. Nela, a executiva discutirá com os espectadores o futuro da energia no mundo. “Com isso, conseguimos ampliar a visibilidade da empresa. Muitos que começaram a assistir ao conteúdo lá atrás ainda são ativos. Isso prova que a comunicação está sendo efetiva”, afirma Daniela.

Para manter todos esses canais atualizados constantemente, a GE conta com produção própria de conteúdo em parceria com a agência Jeffrey Group.

“A GE quer se posicionar como um provedor de conhecimento ao mercado. A mudança que eles estão fazendo é significativa. Eles estão se apropriando de conceitos de internet of things e inteligência artificial”, afirma Celso Henrique Sartori, professor de marketing do Insper. “É um caminho muito parecido com o da IBM quando ela falou que não era mais uma empresa de computadores e passou a ser uma consultoria de negócios”, conclui.

 

*Crédito da imagem no topo: slavemotion/iStock

Publicidade

Compartilhe

  • Temas

  • Inovação

  • Branded content

  • GE

  • Daniela Antunes

  • Celso Henrique Sartori

  • Viveka Kaitila